10:25 20 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Sistemas de defesa antimíssil S-400 russos na Crimeia

    'Nós avisamos': EUA alertam sobre 'consequências' caso Turquia compre sistemas S-400

    © Sputnik / Sergei Malgavko
    Américas
    URL curta
    8431

    Os Estados Unidos afirmaram de forma clara à Turquia que a compra dos sistemas russos de defesa aérea S-400 trará consequências, disse nesta terça-feira (05) o vice-secretário de Estado dos EUA, Wess Mitchell.

    "Temos sido claros com as autoridades turcas, se decidirem avançar com a compra da S-400, haverá consequências", disse Mitchell durante um evento na Heritage Foundation em Washington.

    Em dezembro, a Rússia e a Turquia assinaram um contrato de empréstimo para o fornecimento de sistemas de defesa aérea S-400 para Ancara. No final de abril, o ministro turco das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu, disse que a Turquia também está considerando comprar o sistema de defesa anti-mísseis Patriot, fabricado nos EUA, ou outros sistemas de defesa aérea, caspo tenha a seu favor ofertas justas de seus aliados da OTAN.

    Falando sobre possíveis repercussões legais da compra dos sistemas S-400, Mitchell referiu-se à Lei de Contenção de Adversários da America por meio de Sanções (CAATSA), de 2017, e disse que os Estados Unidos cumprirão esta lei.

    O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que os Estados Unidos vêm tentando desestimular a Turquia de fechar contatos com o setor russo de defesa, alvo das sanções dos Estados Unidos.

    Mitchell ressaltou que a relação dos Estados Unidos com a Turquia é complexa, pois este tem sido um aliado da OTAN no longo prazo, um parceiro vital na campanha contra o terrorismo e o processo de Genebra para resolver o conflito na Síria.

    A abordagem dos EUA em relação à Turquia sempre foi para tratar das legítimas preocupações de segurança nacional do país, mas em várias questões, Ancara não correspondeu com uma solução razoável, disse Mitchell.

    A estratégia dos EUA com relação à Turquia é um "ato de equilíbrio" em que o objetivo principal deve ser manter Ancara estrategica e politicamente alinhada com o Ocidente.

    Mais:

    Senador russo: postura da Arábia Saudita não afetará fornecimento de S-400 a Qatar
    Arábia Saudita teria ameaçado Qatar com 'ação militar' por causa de mísseis russos S-400
    Embaixador saudita destaca progresso nas negociações sobre compra de S-400 russos
    Mídia revela detalhes do acordo sobre venda de S-400 russos para Índia
    Tags:
    sanções, cooperação militar, acordo militar, Patriot, S-400, Lei Contendo Adversários da América por meio de Sanções (CAATSA), Heritage Foundation, OTAN, Wess Mitchell, Mike Pompeo, Síria, Genebra, Washington, Ancara, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik