16:52 23 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Manifestantes tremulam um bandeirão da Venezuela em manifestação contra o presidente dos EUA, Donald Trump, em Caracas, Venezuela (agosto de 2017)

    Venezuela continuará soltando prisioneiros diz Procurador-geral

    © REUTERS / Ueslei Marcelino
    Américas
    URL curta
    0 50

    As autoridades venezuelanas continuarão soltando os chamados presos políticos ao longo desta semana, disse o Procurador-Geral venezuelano Tarek William Saab.

    "Na próxima semana, outro grupo de venezuelanos, ao qual serão aplicadas as mesmas medidas, será conhecido", disse Saab neste domingo (3), conforme citação divulgada pela emissora NTN24.

    Na sexta-feira (1) e no sábado (2), as autoridades venezuelanas libertaram dois grupos de presos políticos. Segundo o governo do país, 39 presos foram libertados na sexta-feira outros 40 no dia seguinte.

    Conforme afirmam organizações de direitos humanos, existem mais de 350 presos políticos na Venezuela.

    Todos os presos políticos na Venezuela foram presos em 2014 e 2017 devido à participação grandes protestos no país, que tiveram dezenas de mortos. O perdão aos prisioneiros foi declarado pelo presidente reeleito Nicolás Maduro após da eleição presidencial de 20 de maio.

    Mais:

    Venezuela diz que União Europeia não tem autoridade moral para questionar suas eleições
    'Ameaça à paz': Venezuela condena aliança da Colômbia com OTAN
    Especialista explica como os EUA poderiam organizar um golpe na Venezuela
    Maduro acusa EUA de planejarem golpe militar na Venezuela
    China se opõe a 'cruzada' dos EUA contra Venezuela, diz analista
    Tags:
    crise na venezuela, Procuradoria Geral da Venezuela, Tarek William Saab, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik