20:03 19 Julho 2019
Ouvir Rádio
    People pass by a TV screen showing file footages of U.S. President Donald Trump, right, and North Korean leader Kim Jong Un during a news program at the Seoul Railway Station in Seoul, South Korea, Monday, April 9, 2018

    Trump: encontro com Kim Jong-un pode ser realizado em 12 de junho

    © AP Photo / Ahn Young-joon
    Américas
    URL curta
    241

    Nesta sexta-feira (25), o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou durante coletiva de imprensa que o diálogo com a Coreia do Norte foi reestabelecido, e que encontro com o líder norte-coreano pode vir à tona até mesmo na data anteriormente marcada – em 12 de junho.

    "O diálogo com eles foi reestabelecido […] Este encontro pode ocorrer até mesmo no dia 12 de junho", afirmou o presidente norte-americano durante coletiva de imprensa transmitida pelo canal CNN.

    Anteriormente, na quinta-feira (24), a Casa Branca divulgou uma carta assinada por Donald Trump, em que o líder norte-americano considerou que seria "inapropriado" realizar a cúpula histórica, prevista para o dia 12 de junho, diante da "raiva e hostilidade diretas" expostas por Pyongyang nos últimos dias. Trump afirmou que o encontro será cancelado, mas se disse pronto para se encontrar com Kim Jong-un no futuro.

    A Casa Branca assinalou também que uma semana atrás foi cancelado o encontro entre os grupos que deveriam organizar a cúpula. De acordo com a equipe do presidente norte-americano, representantes dos EUA estavam esperando seus colegas da Coreia do Norte em Singapura, contudo, estes não compareceram. No encontro entre as equipes, deveria ser elaborada a logística das conversações dos dois líderes.

    A decisão anterior de Donald Trump acontece depois de Pyongyang colocar em dúvida a realização do encontro agendado, no qual os dois líderes tratariam de vários assuntos, principalmente da desnuclearização da península coreana e do fim das sanções impostas aos norte-coreanos.

    A realização de exercícios militares conjuntos entre EUA e Coreia do Sul, revoltou o governo norte-coreano, que voltou a afirmar que se tratava de uma atividade focada em uma eventual invasão do território do país.

    Mais:

    Este foi 'o pior momento' para tal decisão: que acontecerá agora entre Kim e Trump?
    Trump e Kim trocam olhares em nova moeda da Casa Branca (FOTOS)
    Tripla derrota da diplomacia de pressão de Trump vai arruinar cúpula com Kim?
    Tags:
    encontro, Donald Trump, Kim Jong-un, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar