01:29 21 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Representative Mike Pompeo pauses as he testifies before a Senate Intelligence hearing on his nomination to head the CIA on Capitol Hill in Washington, U.S., January 12, 2017

    Pompeo: Rússia desafia os interesses estratégicos dos EUA

    © REUTERS / Carlos Barria
    Américas
    URL curta
    9220

    A Rússia representa um desafio para os interesses estratégicos dos Estados Unidos, declarou o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, durante uma audiência no Comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Representantes dos EUA nesta quarta-feira.

    "Sabemos que a Rússia representa um desafio para os nossos interesses estratégicos e para a segurança de nossos aliados", disse Pompeo. "Isso ficou evidente desde o ataque com armas químicas no Reino Unido, pelo qual impusemos consequentes sanções em conjunto com nossos parceiros e aliados", acrescentou o novo chefe da diplomacia norte-americana.

    Pompeo afirmou que Moscou deve honrar seus compromissos com a Ucrânia no âmbito do acordo de Minsk. Ele também disse que a Rússia tem o dever de pressionar o presidente da Síria, Bashar Assad, de modo a suspender o uso de armas químicas, apesar de Damasco negar o envolvimento em quaisquer supostos ataques químicos no país.

    "Na qualidade de garantidor do regime de Assad, a Rússia tem a responsabilidade de ser um ator construtivo da estabilidade e da paz na Síria. Isso inclui a suspensão do uso de armas químicas pelo regime", alegou Pompeo. 

    O presidente dos EUA, Donald Trump, manifestou de modo reiterado a intenção de estreitar os laços entre a Rússia e os Estados Unidos. No entanto, as relações entre Moscou e Washington chegaram recentemente ao que Trump chamou de seu "ponto mais baixo".

    A crise ucraniana, sanções ocidentais e alegações infundadas de interferência russa nas eleições presidenciais dos EUA lançaram uma sombra sobre a cooperação entre as duas nações.

    Mais:

    Pompeo afirma a Aloysio Nunes que EUA querem ampliar ajuda à Venezuela
    EUA terão de garantir que Kim não deixará o poder na Coreia do Norte, diz Pompeo
    Pompeo promete uma 'diplomacia dura' para defender os EUA de ameaças externas
    Casa Branca divulga imagens da reunião 'secreta' de Mike Pompeo com Kim Jong-un
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik