20:25 27 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Lançamento de mísseis durante treinamentos conjuntos entre EUA e Coreia do Sul (foto de arquivo)

    Trump manda preparar novas sanções contra Rússia por causa dos mísseis

    © AP Photo / Ministério da Defesa da Coreia do Sul
    Américas
    URL curta
    31857

    O presidente norte-americano, Donald Trump, deu ordem ao secretário de Estado, Mike Pompeo, de preparar propostas de restrições em relação à Rússia por causa de supostas violações por parte de Moscou do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF), comunicou a Casa Branca.

    Estas medidas são exigidas pelo Congresso no orçamento militar de 2018.

    Pompeo tem que coordenar as medidas com os Departamentos das Finanças, Defesa, Comércio, bem como com o diretor da inteligência nacional.

    O Congresso exigiu que o presidente apresentasse o relatório, que deve incluir um plano de "medidas" contra os funcionários russos que possam ter estado ser envolvidos nas violações do Tratado INF, incluindo uma possível introdução de sanções e proibição de contatos sobre as compras orçamentais dos EUA.

    O Tratado INF foi assinado em 1987 entre a União Soviética e os EUA e estabelecia a redução do número de mísseis com alcance de 500 a 1.000 quilômetros e de 1.000 a 5.500 quilômetros.

    Moscou disse que as alegações de a Rússia se recusar a reduzir mais armas nucleares são um "malabarismo óbvio". O chanceler russo, Sergei Lavrov, declarou que a Rússia quer preservar o tratado e está pronta para negociar com Washington sobre o assunto.

    Mais:

    Pentágono receia novos mísseis hipersônicos da Rússia, diz especialista
    Marinha dos EUA incorpora nova leva de mísseis Tomahawk por US$ 143 milhões
    EUA violam tratado de não-proliferação ao ter armas nucleares na Europa, diz Moscou
    Tags:
    mísseis, sanções, Tratado INF, Mike Pompeo, Donald Trump, Sergei Lavrov, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik