18:34 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira dos EUA junto a emblema nacional da China (foto de arquivo)

    'Fiquem atentos', diz Trump sobre possíveis desdobramentos de negociações com a China

    © AP Photo / Andy Wong
    Américas
    URL curta
    616

    O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou por meio de uma mensagem no Twitter nesta terça-feira (15) que negociações comerciais ainda estão em andamento com a China e para que os observadores "fique atentos".

    "As negociações comerciais continuam com a China. Eles têm ganhando centenas de bilhões de dólares por ano dos EUA há muitos anos. Fiquem atentos!", afirmou o presidente estadunidense em uma mensagem no Twitter.

    ​O Ministério do Comércio da China disse que o vice-primeiro-ministro do Estado, Liu He, chegaria aos Estados Unidos ainda nesta terça-feira (15) para negociações.

    A primeira rodada de conversas entre China e Estados Unidos aconteceu em Pequim, entre os dias 3 e 4 de maio. As duas delegações abordaram questões como a expansão das exportações dos EUA para a China, o comércio bilateral de serviços, investimentos bilaterais, proteção de propriedade intelectual e tarifas.

    Segundo a mídia chinesa, um consenso foi alcançado em algumas dessas áreas, mas ainda há grandes divergências que permaneceram.

    As tensões entre a China e os Estados Unidos aumentaram nos últimos meses. Em março, Washington introduziu tarifas aos chineses de 25% sobre o aço importado e uma tarifa de 10% sobre o alumínio importado. 

    Além disso, em abril, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou introduzir tarifas adicionais sobre as importações chinesas no valor de US$ 150 bilhões por ano. A China respondeu com a decisão de impor tarifas de 25% sobre um total de 106 produtos importados dos Estados Unidos.

    Mais:

    Analistas americanos comparam potencial de armas hipersônicas da Rússia, China e EUA
    Maior do mundo: China deve ter aeronaves anfíbias AG600 até 2022
    Chanceler iraniano busca na China, na Rússia e na Europa o apoio em prol do acordo nuclear
    Primeiro porta-aviões fabricado na China inicia testes no mar, diz a mídia estatal
    Aproximando Irã, Rússia e China: saída dos EUA do acordo nuclear cria uma nova aliança
    Tags:
    guerra comercial, Liu He, Donald Trump, Estados Unidos, EUA, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik