02:10 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    O presidente dos EUA, Donald Trump, próximo ao Air Force One em voo para Palm Beach.

    EUA conclamam 'nações responsáveis' para pressionar o Irã

    © REUTERS / Joshua Roberts
    Américas
    URL curta
    15111

    Os Estados Unidos estão pedindo ao que chamaram de países "responsáveis" em todo o mundo para que exerçam mais pressão sobre o Irã para suspender suas atividades 'desestabilizadoras' no Oriente Médio, informou a Casa Branca em comunicado divulgado nesta sexta-feira (11).

    "Já esta semana, o IRGC (Corporação dos Guardas da Revolução Islâmica do Irã [na sigla em inglês]) disparou foguetes contra cidadãos israelenses, e os representantes do Irã no Iêmen lançaram um míssil balístico em Riad", afirma o comunicado segundo a agência Reuters.

    “Essas ações são mais uma prova de que as ações imprudentes do regime iraniano representam uma grave ameaça à paz e segurança regionais. É hora de as nações responsáveis pressionarem o Irã a mudar esse comportamento perigoso”.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou no início da semana que os Estados Unidos se retirariam do acordo nuclear com o Irã, formalmente conhecido como Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA). O presidente também prometeu voltar a impor o mais alto nível de sanções econômicas contra o Irã em resposta ao desenvolvimento de seu programa nuclear.

    Após o anúncio de Trump, os líderes da França, Alemanha e Reino Unido expressaram seu pesar pela decisão dos EUA em uma declaração conjunta, enfatizando o compromisso de seus países com o JCPOA.

    Em 2015, a União Europeia, junto à China, Alemanha, França, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos assinaram o Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA) com o Irã. O acordo estipulou a retirada gradual de sanções contra Teerã em troca do país reduzir seu programa nuclear e permitir inspeções rigorosas para garantir que a natureza do programa seja pacífica.

    Mais:

    Ministro turco elogia Teerã: Um Irã forte significa ter uma Turquia forte
    Irã ameaça 'destruir por completo' maiores cidades de Israel
    UE quer liderar após EUA deixarem acordo com Irã, mas oferece mais dúvidas do que soluções
    'EUA e Israel de fato começaram guerra em duas frentes contra Irã'
    Irã: silêncio da comunidade internacional incentiva Israel a atacar Síria
    Tags:
    JCPOA, Donald Trump, Teerã, França, Reino Unido, Alemanha, China, Irã, Estados Unidos, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik