14:56 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    General Joseph Dunford

    General dos EUA revela que faltam recursos para manter a vigilância da Rússia

    © AP Photo / Cliff Owen
    Américas
    URL curta
    8010

    Os Estados Unidos dedicaram uma grande parte de sua Agência de Inteligência de Defesa para manter um olho na Rússia, disse o presidente do Estado-Maior Conjunto dos EUA, Joseph Dunford, durante uma audiência no Senado nesta quarta-feira.

    "Aumentamos significativamente nosso esforço analítico em relação à Rússia e realmente dedicamos uma grande parte de nossa agência de inteligência de defesa agora a olhar especificamente para a Rússia", revelou Dunford.

    O general norte-americano ressaltou que os EUA tiraram os olhos da bola em relação à Rússia. O Departamento de Defesa só conseguiu atender de 30% a 40% dos comandos de cada comandante combatente, informou Dunford.

    Ele afirmou ainda, citando o comandante supremo aliado da OTAN general Curtis Scaparrotti, que não há recursos adequados para manter um olho na Rússia. Dunford acrescentou que o déficit se deve ao equilíbrio da demanda global que mudou para a Coreia do Norte.

    No início deste ano, o Departamento de Defesa disse em sua estratégia de segurança nacional que a Rússia era considerada uma grande ameaça para os EUA e a OTAN.

    Moscou tem repetidamente chamado de ocupação militar agressiva dos EUA e OTAN perto das fronteiras da Rússia como nada além de uma provocação.

    Mais:

    Senado dos EUA acusa Rússia de interferência nas eleições de 2016
    Rússia e China: pesadelo dos EUA se torna realidade
    Senador russo nomeia 2 possíveis pontos de conflito entre Rússia e EUA
    Tags:
    segurança, defesa, orçamento, diplomacia, déficit, Departamento de Defesa dos EUA, Departamento de Estado dos EUA, OTAN, Curtis Scaparrotti, Joseph Dunford, Coreia do Norte, Rússia, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik