07:53 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    8010
    Nos siga no

    Os Estados Unidos dedicaram uma grande parte de sua Agência de Inteligência de Defesa para manter um olho na Rússia, disse o presidente do Estado-Maior Conjunto dos EUA, Joseph Dunford, durante uma audiência no Senado nesta quarta-feira.

    "Aumentamos significativamente nosso esforço analítico em relação à Rússia e realmente dedicamos uma grande parte de nossa agência de inteligência de defesa agora a olhar especificamente para a Rússia", revelou Dunford.

    O general norte-americano ressaltou que os EUA tiraram os olhos da bola em relação à Rússia. O Departamento de Defesa só conseguiu atender de 30% a 40% dos comandos de cada comandante combatente, informou Dunford.

    Ele afirmou ainda, citando o comandante supremo aliado da OTAN general Curtis Scaparrotti, que não há recursos adequados para manter um olho na Rússia. Dunford acrescentou que o déficit se deve ao equilíbrio da demanda global que mudou para a Coreia do Norte.

    No início deste ano, o Departamento de Defesa disse em sua estratégia de segurança nacional que a Rússia era considerada uma grande ameaça para os EUA e a OTAN.

    Moscou tem repetidamente chamado de ocupação militar agressiva dos EUA e OTAN perto das fronteiras da Rússia como nada além de uma provocação.

    Mais:

    Senado dos EUA acusa Rússia de interferência nas eleições de 2016
    Rússia e China: pesadelo dos EUA se torna realidade
    Senador russo nomeia 2 possíveis pontos de conflito entre Rússia e EUA
    Tags:
    segurança, defesa, orçamento, diplomacia, déficit, Departamento de Defesa dos EUA, Departamento de Estado dos EUA, OTAN, Curtis Scaparrotti, Joseph Dunford, Coreia do Norte, Rússia, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar