22:41 26 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Fidel Castro.

    Paquistão concede postumamente a sua mais alta condecoração civil a Fidel Castro

    © AP Photo / Alex Castro
    Américas
    URL curta
    480

    O Paquistão outorgou postumamente nesta sexta-feira a Ordem paquistanesa, a mais alta condecoração civil daquele país asiático para um distinto serviço à nação, ao histórico líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, falecido em 2016.

    "Fidel Castro é um ícone de resistência contra o neoimperialismo e o neocolonialismo", disse o embaixador paquistanês em Cuba, Kamran Shafi, durante a cerimônia de entrega em Havana, segundo destacou o site do Ministério de Relações Exteriores de Cuba.

    O diplomata acrescentou que Fidel "sempre será lembrado por sua ajuda voluntária, generosa e sem precedentes após o terremoto de 2005, quando enviou imediatamente a Brigada Médica Henry Reeve, formada por mais de 2.500 médicos e paramédicos cubanos".

    Enquanto isso, o vice-ministro de Relações Exteriores de Cuba, Rogelio Sierra Diaz, agradeceu ao povo e ao governo do Paquistão pela distinção conferida ao líder da Revolução Cubana e observou que é "um marco nos laços tradicionais de amizade e cooperação que unem os dois países".

    "Foi um enorme esforço de recursos humanos e materiais", disse Sierra, acrescentando: "Em um período de nove meses, eles trataram mais de um milhão e setecentos mil pacientes das áreas mais intricadas e frias do Paquistão e doaram todo o equipamentos médicos e materiais de campanha que eles usaram, guiados pela máxima do nosso líder que 'Cuba compartilha o que tem, não o que resta'".

    O vice-ministro de Relações Exteriores de Cuba lembrou que, para consolidar a ajuda, Fidel Castro ofereceu ao governo do Paquistão 1.000 bolsas de estudo médicas, para que os jovens paquistaneses fossem treinados com o espírito de ajudar suas comunidades.

    "Hoje temos o prazer de observar que mais de 900 alunos concluíram seus estudos de maneira satisfatória, incluindo cem que fizeram um diploma de ouro", afirmou o diplomata.

    Cuba e Paquistão mantêm relações diplomáticas há 63 anos, período em que um diálogo fluído e uma estreita cooperação foram mantidos bilateralmente e em fóruns como o Movimento dos Não-Alinhados, o Grupo dos 77, a Assembleia Geral da ONU, entre outros.

    Mais:

    Não, Fidel Castro não é pai de Justin Trudeau
    Filho de Fidel Castro comete suicídio
    Assembleia Geral da ONU homenageia Fidel Castro
    Tags:
    diplomacia, reconhecimento, prêmio, condecoração, Movimento dos Não-Alinhados (NAM), ONU, Grupo dos 77, Rogelio Sierra Diaz, Kamran Shafi, Fidel Castro, Cuba, Paquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik