01:56 27 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    203
    Nos siga no

    Senadores dos EUA que confirmaram a nomeação de Mike Pompeo como secretário de Estado devem agora assumir a responsabilidade de evitar uma provável escalada de guerra no Oriente Médio, disse o diretor-executivo do Conselho Nacional Iraniano-Americano, Jamal Abdi, em um comunicado nesta quinta-feira (22).

    "Cada membro do Congresso que alegou ter preocupações com as inclinações agressivas de Pompeo é agora responsável por tomar medidas imediatas para impedir uma escalada e guerra no Oriente Médio", disse Abdi.

    O Senado, acrescentou, falhou com a responsabilidade de colocar o país acima do partido político, e aqueles que favoreceram Pompeo serão responsáveis pelo que vem a seguir.

    Abdi acrescentou que o presidente Donald Trump será cercado por assessores — incluindo Pompeo e o Conselheiro Nacional de Segurança, John Bolton — que querem acabar com o acordo nuclear com o Irã e causar instabilidade na região do Oriente Médio, o que aumenta as chances de guerra com o Irã.

    Mais cedo nesta quinta-feira (26), o Senado confirmou a indicação de Pompeo para servir como secretário de Estado. Pompeo foi empossado momentos depois de sua confirmação.

    Mais:

    Melhor plantar uma árvore do que ouvir Trump
    Macron: 'Trump sairá do acordo nuclear com o Irã em maio'
    As melhores fotos da amizade entre Trump e Macron
    Quer brincar de esconde-esconde com Trump?
    Irã questiona qualificações do 'empreiteiro' Trump para discutir acordo nuclear
    Tags:
    acordo nuclear, oriente médio, diplomacia, Mike Pompeo, Donald Trump, Jamal Abdi, Estados Unidos, EUA, Oriente Médio, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar