15:27 18 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump

    Com Trump no poder, Rússia não precisa ter medo dos EUA, assegura colunista americano

    © AP Photo / Win McNamee/Pool
    Américas
    URL curta
    852
    Nos siga no

    Donald Trump não possui estratégia coerente em relação à Rússia, por isso está jogando como bom e mau policial.

    Atualmente, as relações russo-americanas se baseiam em um método de diálogo conhecido como "bom policial, mau policial", opina colunista do jornal The Huffington Post, Kurt Bardella.

    Em seu artigo, ele lembra que na semana passada a embaixadora dos EUA na ONU, Nikky Haley, revelou os planos de Washington de introduzir novas sanções contra Rússia. Particularmente, em 15 de abril, a embaixadora declarou que o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, anunciaria novas sanções no dia seguinte.

    Neste contexto, segundo acredita o autor, é pouco provável que Haley — "uma das vozes importuníssimas na arena mundial" — tenha dado uma declaração semelhante sem que o presidente norte-americano tivesse deixado claro que sanções são realmente inevitáveis.

    No entanto, dois dias após o anúncio sobre novas sanções antirrussas, "novo boneco favorito" de Trump — o conselheiro principal em matéria de economia e diretor do Conselho Econômico Nacional, Larry Kudlow — desmentiu as palavras de Haley.

    Quanto ao assunto, o autor sublinha ser muito duvidoso que o novo conselheiro tenha falado na TV sem antes consultar o presidente.

    Assim, ele chega à conclusão que Donald Trump simplesmente não possui estratégia coerente em relação à Rússia.

    O colunista indica que como resultado dos "terríveis ataques químicos" na Síria, Donald Trump prometeu que Rússia e Irã pagarão preço alto por prestarem apoio ao governo sírio. No entanto, logo depois, ele aparentemente avaliou "apoio" insuficiente para impor novas sanções contra Moscou.

    Por um lado, destaca o autor, Trump promete que Rússia "pagará preço alto", mas, por outro, ele "de fato clama" ao presidente russo, Vladimir Putin, para interromper corrida armamentista, queixando-se que as relações com Rússia estão más.

    Levando tudo isso em consideração, o jornalista acredita que Trump é capaz de ser "mau policial" só em palavras, pois as ações do líder estadunidense, em sua opinião, sempre impressionam menos do que suas declarações.

    Ao realizar tal política, Trump deixou claro que EUA não planejam aplicar quaisquer medidas significativas contra Rússia.

    "Enquanto Trump estiver no poder, Vladimir Putin não precisa ter medo das ações dos EUA."

    Mais:

    Não é só bomba nuclear: Trump quer que Coreia do Norte elimine armas químicas e biológicas
    Trump: Batalha entre forças dos EUA e russos na Síria foi 'um triste acontecimento'
    Netanyahu coordenou ataque à base síria com Trump, diz mídia
    Tags:
    política externa, sanções econômicas, ONU, Nikki Haley, Vladimir Putin, Donald Trump, Síria, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar