10:19 17 Junho 2019
Ouvir Rádio
    VRT300, helicóptero não tripulado multiuso

    México e Brasil aguardam entrada do drone russo no mercado internacional

    © Foto : Helicópteros da Rússia
    Américas
    URL curta
    3302

    Vários países latino-americanos demonstram interesse em adquirir os helicópteros russos não tripulados VRT300, afirmou ao jornalista da Sputnik Mundo o diretor da empresa produtora de drones VR-Technologies, Aleksandr Okhonko.

    "Já existe um acordo quanto aos helicópteros com o Brasil. É um mercado muito promissor. Acima de tudo, gostaria de destacar São Paulo, que é uma cidade especial por possuir uma enorme frota de helicópteros", assinalou o chefe da empresa em entrevista exclusiva à Sputnik Mundo.

    Os países da América Central e do Caribe também mostraram interesse no drone russo, acrescentou.

    "A empresa VR-Technologies já realizou contatos iniciais com o México. Estes dispositivos aéreos são capazes de operar nas condições climáticas dessa região. A empresa leva em conta as altas temperaturas, bem como a alta umidade da área", explicou.

    O diretor enfatizou a composição e o design das peças utilizadas no dispositivo, que correspondem às necessidades dos clientes provenientes de países com esse tipo de clima. Em particular, a parte interior das hélices é preenchida com espuma rígida de poliuretano. Esta solução impede a penetração e filtração da água.

    Segundo Okhonko, o motor do helicóptero não tripulado pode ser usado tanto em ambiente frio quanto quente, bem como em condições de alta umidade.

    O México, tal como o Brasil, está aguardando o produto entrar no mercado internacional para adquiri-lo, frisou o diretor da VR-Technologies. Prevê-se que as vendas do produto ao exterior comecem entre os anos de 2020 e 2021, explicou o entrevistado.

    Embora a empresa seja especializada na produção de aeronaves civis e não possui planos para desenvolver uma versão militar do VRT300, estão sendo estudadas possibilidades de criação de uma versão para a polícia baseada no modelo VRT300 Opticvision. Seria uma ferramenta apropriada para operações policiais, de proteção florestal ou de guarda costeira, assinalou Okhonko.

    O VRT300 é um helicóptero não tripulado multiuso desenvolvido pela empresa VR-Technologies que faz parte do conglomerado Helicópteros da Rússia.

    O aparelho está disponível em duas versões: Arctic Supervision (Supervisão Ártica), equipado com um radar de visão lateral, que será utilizado para avaliar o estado do gelo e funcionará nas condições adversas do Ártico, e Opticvision (Visão Óptica), com uma autonomia de voo maior e que cumprirá missões de monitoramento e de exploração remota.

    O peso do drone atinge 300 quilos; esta aeronave é capaz de transportar uma carga de aproximadamente 70 quilos a uma distância de até 100 quilômetros.

    Mais:

    China elabora drones de nova geração capazes de decolar de porta-aviões (FOTO)
    Rússia cria armas que podem 'enlouquecer' drones
    EUA estudam exportar 'drones assassinos'
    Tags:
    colaboração, drones, México, Brasil, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar