03:01 22 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Policiais investigando o caso do ex-espião russo Sergei Skripal, em Salisbury (Inglaterra), 13 de março de 2018

    Estados Unidos continuam aceitando versão britânica sobre caso Skripal

    © AP Photo /
    Américas
    URL curta
    Envenenamento de ex-espião russo (102)
    312

    Os Estados Unidos continuam aceitando a avaliação britânica de que a Rússia está por trás do envenenamento do ex-espião Sergei Skripal na cidade de Salisbury, informou a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert, nesta quinta-feira.

    "Os Estados Unidos concordam com a avaliação do Reino Unido de que a Rússia é responsável pelo uso de armas químicas em solo britânico", disse Nauert.

    O representante permamente da Rússia na ONU, Vasily Nebenzya, disse mais cedo que a Grã-Bretanha está destruíndo provas relacionadas ao caso Skripal.

    "As autoridades britânicas estão destruindo de forma metódica as evidências e as provas. Foram destruídos os animais de estimação da casa de Skripal. Eles [os animais] obviamente não foram testados. Foi feita limpeza dos locais visitados por Skripal: bar, restaurante, banco, solo no parque e etc. E a população de Salisbury continua a morar no local como se nada tivesse acontecido", disse Nebenzya na ONU.

    Tema:
    Envenenamento de ex-espião russo (102)

    Mais:

    Rússia na ONU: Grã-Bretanha está destruindo provas do 'caso Skripal'
    Embaixador russo na ONU: Ocidente não está interessado na verdade sobre caso Skripal
    China defendeu a continuação das investigações do caso Skripal e pediu provas
    Especialista: substância química do 'caso Skripal' foi fabricada no Ocidente
    Nenhum passageiro do voo de Yulia Skripal apresenta traços de contaminação
    Tags:
    Sergei Skripal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar