04:57 20 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Manifestantes tremulam um bandeirão da Venezuela em manifestação contra o presidente dos EUA, Donald Trump, em Caracas, Venezuela (agosto de 2017)

    15 países latino-americanos exigem que Venezuela realize 'eleições livres'

    © REUTERS / Ueslei Marcelino
    Américas
    URL curta
    1054

    Um total de 15 chefes de Estado e de governo da América Latina, além do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, conclamaram o governo venezuelano a realizar as eleições com "as garantias necessárias" e asseguraram que se eleições não cumprirem essas condições "carecerão de legitimidade e credibilidade".

    Os chefes de estado e governo da Argentina, Bahamas, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, e o vice-presidente dos EUA, são os signatários da declaração de sete pontos acordada no âmbito da VIII Cúpula das Américas, realizada em Lima.

    O texto faz um "apelo urgente" ao governo presidido por Nicolás Maduro "para realizar eleições presidenciais com as garantias necessárias para um processo livre, justo, transparente e democrático, sem presos políticos".

    Da mesma forma, o documento afirma que as eleições que não cumprirem esses requisitos "carecerão de legitimidade e credibilidade".

    Além disso, os países signatários asseguraram que continuarão promovendo, especialmente na Organização dos Estados Americanos (OEA), ações propensas à "restauração das instituições democráticas, respeito aos direitos humanos e à plena vigência do Estado de Direito".

    Eles também pedem que o Sistema das Nações Unidas e outras organizações multilaterais implementem "imediatamente" um programa de assistência humanitária para "aliviar" o "sofrimento e a escassez" de cidadãos venezuelanos, enquanto pedem ao governo venezuelano que permita o rendimento ea distribuição dessa ajuda.

    Mais:

    Temer diz que é 'incogitável' fechar fronteira com a Venezuela
    ‘Discussões sobre a Venezuela enfraquecem pauta da Cúpula das Américas’, diz especialista
    Lula e os Kirchner são tão culpados quanto Maduro pela crise na Venezuela, diz peruano
    Roraima vai ao STF para fechar fronteira com a Venezuela
    Tags:
    democracia, eleições, Nicolás Maduro, Venezuela, América Latina, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik