04:42 26 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump

    EUA: mais eleitores acreditam em 'caça às bruxas' do FBI contra Trump

    © AP Photo / Win McNamee/Pool
    Américas
    URL curta
    112

    Um número crescente de eleitores norte-americanos concorda com as críticas do presidente Donald Trump à investigação feita pelo assessor jurídico Robert Mueller sobre as acusações de conluio entre Trump e a Rússia como uma "caça às bruxas", de acordo com uma pesquisa da Rasmussen divulgada nesta quinta-feira (12).

    "Quarenta por cento (40%) consideram a investigação de Mueller como uma caça às bruxas, um aumento de 8 pontos em relação aos 32% da pesquisa anterior", afirmou um comunicado de imprensa que resume a pesquisa.

    O comunicado atribuiu a mudança de atitude dos eleitores às invasões do FBI na segunda-feira (9) da casa e nos escritórios do advogado pessoal de Trump, Michael Cohen — supostamente devido a uma pista fornecida por Mueller, de acordo com informações publicados.

    46% dos prováveis eleitores norte-americanos ainda consideram a investigação de Muller uma tentativa honesta de determinar delitos criminais, uma queda de 6 pontos em relação a 52% em outubro, segundo o comunicado.

    Mueller supostamente solicitou as invasões, mesmo que a ação não fizesse parte de seu mandato para investigar as alegações de conluio entre a Rússia e os assessores de Trump durante a campanha de 2016 e a transição subsequente.

    A Rússia tem repetidamente negado qualquer interferência, e Trump tem sido especialmente sincero, muitas vezes usando o termo "caça às bruxas" para descrever a investigação de Mueller como politicamente motivada.

    O desprezo de Trump pelos excessos da investigação gerou especulações de que o presidente dos EUA quer demitir Mueller e os pedidos dos democratas no Congresso para uma lei que impeça Trump de fazê-lo.

    Mais:

    Jornal: Trump dará 6 meses para Kim desnuclearizar a Coreia do Norte
    Trump espera ter uma reunião 'formidável' com Kim Jong-un
    Mattis: Trump não precisa de autorização do Congresso para atacar Síria
    O dia em que Trump ouviu conselhos de anjo e demônio
    Trump: 'Nunca disse quando aconteceria um ataque contra Síria'
    Tags:
    interferência russa, FBI, Robert Mueller, Donald Trump, Estados Unidos, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik