04:56 20 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Facebook CEO Mark Zuckerberg meets with a group of entrepreneurs and innovators during a round-table discussion at Cortex Innovation Community technology hub Thursday, Nov. 9, 2017, in St. Louis

    Facebook não armazena dados na Rússia, diz Zuckerberg

    © AP Photo / Jeff Roberson
    Américas
    URL curta
    120

    O Facebook não tem nenhum banco de dados digitais na Rússia, disse o CEO da empresa, Mark Zuckerberg, em depoimento ao Congresso dos EUA nesta quarta-feira (11).

    "Não armazenamos nenhum dado na Rússia", disse Zuckerberg ao Comitê de Energia e Comércio da Câmara dos EUA.

    Zuckerberg acrescentou que os países estrangeiros geralmente não têm bases jurídicas para solicitar dados de outros Estados.

    O co-fundador do Facebook fez essas afirmações em seu segundo dia de depoimentos diante da Câmara e do Senado do EUA. Seu testemunho foi solicitado para esclarecer uma investigação sobre se os dados de sua empresa foram usados pela Cambridge Analytica para influenciar o resultado da eleição de 2016 nos EUA.

    Ele também enfrentou questões sobre as supostas tentativas da Rússia de usar a rede social para influenciar os eleitores dos EUA durante a votação de 2016. A Rússia tem repetidamente negado as acusações de que tentou interferir na eleição, afirmando que não há nenhuma prova dessa suposta interferência.

    Mais:

    Trump responsabiliza Rússia e Síria por ataque químico em Douma
    5 momentos em que Trump pediu para Obama não atacar a Síria
    Ameaças de Trump sobre a Síria 'parecem um show', diz senador russo
    'É assim que se fala com a Rússia': chanceler da Ucrânia apoia ameaças de Trump a Moscou
    Trump prediz novo ataque contra Síria: 'Rússia, prepare-se'
    Tags:
    Eleições presidenciais EUA 2016, Donald Trump, Mark Zuckerberg, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik