17:32 16 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Carro onde serial bomber se explodiu ao ser perseguido pela polícia

    'Serial bomber' fez vídeo de desabafo antes de se explodir

    © REUTERS / Loren Elliott
    Américas
    URL curta
    510

    O responsável pelos ataques a bombas que aterrorizaram a cidade de Austin, capital do Texas, nos EUA, gravou um vídeo de cerca de 25 minutos em um celular encontrado depois que ele explodiu a si mesmo quando policiais se aproximavam para prendê-lo na quarta-feira (21).

    Chamado pelos policiais de "serial bomber", o garoto Mark Conditt tinha 23 anos, estava desempregado e contou em detalhes como construiu as sete bombas que deixaram duas pessoas mortas e outras cinco feridas.

    A polícia disse, no entanto, que no vídeo ele não forneceu os motivos para os ataques. As informações são da agência Reuters.

    "Ele não menciona absolutamente nada sobre terrorismo, nem menciona nada sobre ódio, na verdade é o desabafo de um jovem muito aflito, falando dos desafios de sua vida pessoal", disse o chefe de polícia de Austin, Brian Manley, a repórteres. "Eu classificaria como uma confissão".

    A polícia fez buscas na casa de Mark Conditt e disse crer que não existem outras bombas e acalmou a população da cidade.

    Mais:

    Homem suspeito de ser um 'serial bomber' se mata ao ser perseguido pela polícia dos EUA
    Tags:
    bomba, Texas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik