23:54 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Noam Chomsky

    Ativistas criticam sanções impostas por EUA e Canadá contra Venezuela

    Kelly Maeshiro
    Américas
    URL curta
    1070

    Personalidades como o filósofo estadunidense Noam Chomsky e o ator Danny Glover se juntaram a outras centenas de pessoas e assinaram uma carta aberta enviada aos governos dos EUA e do Canadá criticando as sanções impostas pelos dois países contra a Venezuela.

    Segundo o documento, as restrições prejudicam a população mais pobre e são um entrave na reconciliação política do país.

    Os Estados Unidos e o Canadá impuseram sanções individuais contra diversas autoridades venezuelanas, incluindo Maduro alegando corrupção, violações à democracia e aos direitos humanos.

    "Estamos profundamente preocupados com o uso de sanções ilegais, cujo efeito pesa principalmente nos setores mais pobres e marginais da sociedade, para coagir mudanças políticas e econômicas em uma democracia irmã", disse a carta.

    As sanções impostas impedem que cidadãos norte-americanos e canadenses negociem com os alvos e congelamento de bens. 

    Mais:

    Nicolás Maduro anuncia reabertura do consulado da Venezuela em Miami
    Para especialista, pressão do Grupo de Lima sobre Venezuela ficará restrita à diplomacia
    Plataforma russa ajudou Venezuela a lançar a criptomoeda Petro
    Recandidatura de Maduro na Venezuela dará continuidade à política de 'inimigos externos'?
    Oposição quer que os EUA bombardeiem a Venezuela, afirma aliado de Maduro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik