04:11 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Lançamento de míssil balístico da Coreia do Norte

    Nas relações com Coreia do Norte, norte-americanos seguem 'lógica de cowboys'

    © REUTERS / KCNA
    Américas
    URL curta
    13160

    A Coreia do Norte demonstrou sua força, por isso os EUA decidiram iniciar o diálogo, o que encaixa na sua mentalidade de cowboys, que respeitam os fortes e desprezam os fracos, disse à Sputnik o membro do Comitê Internacional da Duma de Estado, Anton Morozov, que antes tinha visitado este país asiático.

    Mais cedo, o conselheiro de Segurança Nacional da Coreia do Sul, Chung Eui-yong, comunicou que o presidente dos EUA, Donald Trump, concordou em se reunir com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, até maio.

    "Em princípio, isto encaixa na mentalidade norte-americana. Eles atuam conforme os princípios dos cowboys, ou seja, respeitam os fortes e desprezam os fracos. Já que a Coreia do Norte conseguiu demonstrar que possui armas capazes de atingir os EUA, consequentemente ela mostrou força, e os americanos sempre procuram consenso com os fortes", observou o deputado.

    "Queremos muito ter esperança que este diálogo se realize", adiantou.

    Mais:

    EUA reiniciarão exercícios militares na península da Coreia após Paralimpíada
    Trump atribui a si próprio mérito por iniciativa de paz da Coreia do Norte
    EUA aplicam sanções contra Coreia do Norte pelo assassinato do irmão de Kim Jong-un
    Tags:
    negociações, Donald Trump, Kim Jong-un, EUA, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik