18:33 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    3213
    Nos siga no

    A Universidade de Stanford decidiu suspender todos os programas de graduação na Rússia após comunicado do Departamento de Estado dos EUA alterando status de aviso sobre viagem à Rússia, segundo informou o jornal Stanford Daily nesta quinta-feira (8).

    O Departamento de Estado emitiu recentemente um novo sistema de consultoria de viagens de quatro níveis que classifica os países de nível 1 ("Exercício de Precauções normais") para o nível 4 ("Não viajar"). O Departamento de Estado incluiu a Rússia no terceiro nível, recomendando que os americanos reconsidereem viajar para certos países "devido a sérios riscos para a segurança e a segurança".

    Segundo o Stanford Daily, a Universidade de Stanford proíbe que os estudantes de graduação participem de viagens patrocinadas pela escola ou organizadas para regiões que receberam um aviso oficial de viagens de nível 3 ou nível 4, disse o diretor da Bing Overseas Studies Program (BOSP, na sigla em inglês) Ramon Saldivar.

    Saldivar explicou que este é o único programa BOSP impactado pelo conselho de viagens do Departamento de Estado por enquanto.

    O programa inclui estágio de verão no Carnegie Moscow Centre, que ainda está aberto a estudantes de pós-graduação.

    Funcionários da Universidade disseram que estudantes de graduação podem encontrar opções alternativas para completar o programa.

    A Gerente do Programa de Estágios Globais de Stanford, Denise Chu, disse que estudantes de graduação podem terminar o programa do campus e tais precedentes já foram vistos no passado.

    Mais:

    Pentágono: sistema de defesa antimíssil dos EUA é incapaz de enfrentar Rússia
    Rússia e Moçambique firmam parceria de cooperação econômica
    Rússia volta os olhos para Índia-Paquistão
    Brasil não considera sanções dos EUA em projetos com a Rússia, diz secretário
    Tags:
    relações exteriores, Universidade de Stanford, Donald Trump, Stanford, Estados Unidos, Califórnia, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar