22:02 19 Abril 2018
Ouvir Rádio
    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e seu homólogo estadunidense, Donald Trump, falam nas margens da cúpula do G20, na Alemanha, em 2017

    Trump diz que não está preocupado com eleições na Rússia

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Américas
    URL curta
    720

    Apesar das alegações de que Moscou procura influenciar a eleição de 2018, o presidente dos EUA, Donald Trump, insistiu que nenhuma força estrangeira prejudicaria materialmente o processo eleitoral dos EUA.

    "Vamos contrariar o que quer que façam", disse Trump na terça-feira, quando perguntado sobre a possibilidade de se intrometer na Rússia nas próximas eleições durante uma coletiva de imprensa com o primeiro-ministro sueco, Stefan Löfven.

    O porta-voz do Kremlin, Dimitry Peskov, criticou veementemente as alegações de que a Rússia interferiu na eleição de 2016.

    "Os russos não tiveram nenhum impacto em nossos votos, mas certamente houve intromissão, e provavelmente houve intromissão de outros países e outros indivíduos", disse o líder dos EUA.

    O presidente também expressou seu apoio às cédulas de papel como "backup" para máquinas eletrônicas de votação, a fim de mitigar e prevenir a fraude.

    Quando perguntado sobre a ameaça de poderes internacionais que afetam a política dos EUA, Trump disse que "não responsabilizará exclusivamente a Rússia", uma vez que os países em todo o mundo estão sempre procurando ativamente sua influência em Washington.

    Mais:

    'Falsidade e difamação': embaixada russa no Uruguai refuta ligação com tráfico
    Comandante da Marinha russa revela capacidades do novo drone submarino
    Diplomacia russa responde às acusações da Grã-Bretanha sobre 'ameaça' de Moscou
    Especialista militar fala sobre 'arma perfeita russa'
    Tags:
    Vladimir Putin, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik