12:27 19 Abril 2018
Ouvir Rádio
    O presidente Donald Trump e líder norte-coreano Kim Jong Un

    Trump sugere que EUA se reunirão com Coreia do Norte

    © AP Photo / Evan Vucci, Wong Maye-E, File
    Américas
    URL curta
    630

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sugeriu neste sábado (3) que os EUA se reunirão com a Coreia do Norte, mas que para isso acontecer, Pyongyang que deve se "desnuclearizar" primeiro.

    "Agora nós estamos conversando e eles, aliás, ligaram alguns dias atrás. Eles disseram ‘nós gostaríamos de conversar'. E eu disse ‘então vamos conversar, mas vocês têm que se desnuclearizar, vocês têm que se desnuclearizar", disse Trump aos participantes no jantar anual do Gridiron Club. As informações são da Agência Reuters.

    "Nós nos reuniremos e veremos se acontece alguma coisa positiva", ele acrescentou.

    Não ficou claro se Trump estava brincando ou se conversas formais com a Coreia do Norte estavam em andamento porque as declarações foram ditas enquanto o presidente estadunidense fazia piadas.

    Neste domingo, uma autoridade do governo disse que Trump não ouviu diretamente da Coreia do Norte que o país gostaria de iniciar conversas. A informação foi supostamente repassada ao governo pela Coreia do Sul, disse a autoridade.

    "Eu não vou descartar conversas diretas com Kim Jong Un. Apenas não vou", disse Trump no sábado, referindo-se ao líder da Coreia do Norte.

    Trump, no entanto, fez piada a respeito. "Quanto ao risco de lidar com um homem louco, isso é problema dele, não meu", disse.

    Se uma reunião acontecer, seria a primeira entre o governo Trump e Pyongyang, que estão em um impasse em relação ao desenvolvimento de armas nucleares pela Coreia do Norte capazes de atingir os EUA. 

    Mais:

    Coreia do Norte ameaça 'enfrentar' EUA devido a exercícios militares com Seul
    Criptopotência: Coreia do Norte poderia ter roubado milhões em bitcoins no ano passado
    Mídia: EUA estão considerando seriamente atacar a Coreia do Norte
    Rússia: linha de tensões passa entre Coreia do Norte e EUA, mas não entre duas Coreias
    Tags:
    reunião, Donald Trump, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik