16:24 25 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Avião hipersônico X-43A (imagem referencial)

    EUA testarão nova arma hipersônica no próximo ano

    © AFP 2019 / NASA
    Américas
    URL curta
    8103

    O Pentágono afirmou estar desenvolvendo tecnologias hipersônicas. Os testes de armas deste tipo se iniciarão em 2019.

    "Entendemos que estamos competindo com tais países como Rússia e China", assinalou Steven H. Walker, chefe da Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA).

    De acordo com ele, há muito que o desenvolvimento da arma hipersônica vem sendo coordenado pela DARPA em conjunto com a Força Aérea dos EUA, NASA, forças terrestres e Marinha do país. Segundo ele, essa meta no momento é considerada de especial importância. 

    Walker acrescentou, que ainda no final do ano passado, a agência solicitou mais recursos financeiros para o estudo nesta área.

    Nova arma russa

    Ontem (1º), o presidente russo Vladimir Putin, durante seu discurso anual perante a Assembleia Federal (Parlamento bicameral russo), apresentou novas armas russas que não possuem análogos no mundo. Trata-se do sistema de mísseis Sarmat, drones submarinos, míssil de cruzeiro, sistema de mísseis hipersônicos Kinzhal e armas laser. 

    Ademais, o líder russo contou sobre a criação do sistema Avangard, 20 vezes mais rápido do que a velocidade do som.

    Por sua vez, militares norte-americanos reagiram imediatamente ao discurso de Putin. Assim, John E. Hyten, chefe do Comando Estratégico das Forças Armadas dos EUA afirmou que os EUA precisam desenvolver um sistema de radares de posicionamento orbital a fim de se opor às armas hipersônicas.

    Segundo ele, o Pentágono reconhece que os sistemas de detecção terrestres são insuficientes. Sendo assim, os EUA precisam alocar "somente" vários bilhões de dólares para a criação de um radar orbital.

    Mais:

    Pentágono: é prematuro falar sobre envio de armas dos EUA à Ucrânia
    Especialista militar fala sobre 'arma perfeita russa'
    Tags:
    armas hipersônicas, testes, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar