19:53 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro, presidente da Venezuela (arquivo)

    Maduro aumenta salário mínimo de venezuelanos em 58%

    © REUTERS / Miraflores Palace
    Américas
    URL curta
    27106

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta quinta-feira um aumento de 58% no salário mínimo, justificado por ele como uma medida para proteger os trabalhadores do país, em meio a uma grave crise política e econômica, segundo informou a Reuters.

    "Decidimos aumentar o salário mínimo e as tábuas salariais em 58%", disse Maduro em seu Twitter. "Em breve, alcançaremos o alvo de 100% de pensionistas na Venezuela!", acrescentou.  

    Com esse aumento, o segundo do ano, o salário venezuelano passa de 248.510 bolívares para 392.646. Levando-se em conta que, somado a ele, haverá um bônus de alimentação que, com um aumento de 67%, chegou a 915.000 bolívares, o rendimento integral básico de cada trabalhador deverá ser de 1,3 milhões de bolívares mensais, algo em torno de 36, 5 dólares. 

     

    "Nas semanas e meses que estão por vir, seguirei fazendo um esforço para que o salário real dos trabalhadores, o salário mínimo, esteja acima, acima, no combate, na guerra que temos contra os especuladores", afirmou o presidente. 

    Mais:

    Temer reajusta salário mínimo abaixo do esperado
    Exclusivo: Sputnik revela o salário de membros do Daesh
    Trump pede ajuda à imprensa para doar seu salário anual de presidente
    Suíça rejeita salário básico para toda população
    Tags:
    trabalhadores, salário mínimo, Nicolás Maduro, Caracas, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik