04:40 26 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Militares norte-americanos lançam um míssil Javelin durante uma batalha com as tropas iraquianas em 2003 (foto de arquivo)

    Pentágono: é prematuro falar sobre envio de armas dos EUA à Ucrânia

    © AP Photo / Simon Walker
    Américas
    URL curta
    413

    O Departamento de Defesa norte-americano acha que as declarações do presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, sobre os fornecimentos de armas à Ucrânia nas próximas semanas são prematuras.

    "Quanto aos fornecimentos de armas é ainda cedo para falar quando serão efetuados", disse em entrevista à Sputnik um representante da assessoria de imprensa do Pentágono.

    Na quarta-feira (28), em coletiva de imprensa o presidente ucraniano afirmou que a primeira remessa de armas norte-americanas de defesa iria chegar à Ucrânia já daqui há algumas semanas. De acordo com ele, neste ano se espera uma série de fornecimentos.

    A autorização de venda de armas à Ucrânia foi dada pela Casa Branca nos finais de 2017. Em particular, pode se tratar dos complexos antitanque Javelin e de fuzis sniper. Antes, Kiev anunciara várias vezes o envio de remessas de armas norte-americanas.

    A Rússia está contra tais ações por receio de um possível agravamento do conflito em Donbass.

    Mais:

    EUA e Ucrânia podem produzir armas em conjunto, diz Poroshenko
    Opinião: Ucrânia 'ofereceu' segurança aos EUA
    Jornalista desvenda planos secretos da Ucrânia de comprar todo um arsenal
    Tags:
    fornecimento, armas letais, Javelin, Pyotr Poroshenko, Ucrânia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik