01:35 18 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Prédio do Ministério das Relações Exteriores da Rússia em Moscou

    Ministro russo: 'Moscou e Pequim não precisam competir pela América Latina'

    © Sputnik / Maksim Blinov
    Américas
    URL curta
    11313

    Moscou e Pequim não consideram a região latino-americana como uma área de confrontamento ou rivalidade geopolítica, afirmou na segunda-feira o diretor de Assuntos da América Latina no Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Aleksander Shchetinin.

    "Há uma coisa importante, discutimos isso hoje e concordamos com o lado chinês. Cremos que nossas relações com a América Latina são autônomas. Isso significa que não consideramos essa região em termos de confronto geopolítico ou competição ", disse Shchetinin.

    Shchetinin observou que Pequim e Moscou estavam considerando formas de cooperação em benefício do desenvolvimento social e econômico dos estados latino-americanos.

    "Nós discutimos o que podemos fazer na região, descobrimos que temos avaliações similares da região", declarou.

    Shchetinin observou que os lados também concordaram em analisar projetos comerciais e econômicos específicos dos países da região latino-americana, em particular de Cuba, Venezuela, Brasil, México e Colômbia.

    A autoridade russa está em visita a Pequim para consultas russo-chinesas sobre a América Latina. O lado chinês está sendo representado por Zhao Bentang, diretor-geral do Departamento do Ministério das Relações Exteriores da China para a América Latina.

    Tags:
    Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Ministério das Relações Exteriores da China, Aleksander Shchetinin, Zhao Bentang, Pequim, Moscou, América Latina, Rússia, Colômbia, México, Brasil, Venezuela, Cuba, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik