12:36 13 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Navio de pesca

    Navio chinês pesca ilegalmente na Argentina e guarda costeira abre fogo (VÍDEO)

    © AP Photo / Wong Maye-E
    Américas
    URL curta
    25257

    Navio de patrulha costeira da Prefeitura Naval Argentina tentou deter o navio de pesca chinês Jing Yuan 626 que pescava de maneira ilegal na zona econômica exclusiva da Argentina, mas a tripulação da embarcação não se apressou a abandonar o lugar.

    O navio chinês continuou navegando e se esforçou para fugir da justiça argentina apoiado por quatro embarcações da mesma empresa, que realizaram tentativas de colisão e outras manobras para pôr em perigo a tripulação do navio patrulha Mantilla e evitar a captura, informou a Prefeitura Naval da Argentina.

    As condições meteorológicas não eram favoráveis. Estava nublado, mas o Mantilla continuou a perseguição. "Seguindo os protocolos de atuação, foram realizados disparos intimidatórios que não foram respeitados pelo navio", informou o comunicado.

    Os tripulantes do navio da guarda costeira argentina foram além dos avisos e dispararam com metralhadoras e um canhão contra a linha de flutuação do navio de pesca para detê-lo, preservando a vida de seus tripulantes, mas o Jing Yuan 626 não queria ceder.

    A perseguição durou quase oito horas e contou com o apoio do avião PA-22 da Prefeitura Naval, mas isso não deu frutos e o Ministério das Relações Exteriores ordenou interromper a operação de captura.

    Mais:

    O mais antigo navio militar do mundo inicia manobras no mar Negro (FOTOS)
    Navio de assalto anfíbio dos EUA com caça F-35B patrulhará perto de Pyongyang
    Tags:
    zona econômica exclusiva, perseguição, embarcação, pesca, navio, China, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik