18:01 24 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Tiroteio na Universidade Nacional Autônoma do México deixa dois mortos.

    Tiroteio na maior universidade do México deixa 2 mortos

    Reprodução
    Américas
    URL curta
    121

    Duas pessoas morreram após serem feridas a tiros durante tiroteio na Universidade Nacional Autônoma da Cidade do México (UNAM), afirma o Ministério Público local nesta sexta-feira (23).

    Os homens aparentam ter idade em torno dos 20 anos e foram encontrados por guardas universitários do campus. Eles foram levados para um hospital, mas não resistiram aos ferimentos. 

    Até agora, sabe-se que os mortos não eram alunos nem funcionários da Universidade. Os pesquisadores suspeitam que ambos podem ter sofrido os ferimentos em um tiroteio entre gangues dentro dos muros da universidade.

    Nas redes sociais circulam vídeos de momentos após o ocorrido. O assunto tornou-se um dos mais comentados do mundo.

    ​A UNAM é considerada uma das cinco maiores instituições universitárias da América Latina. A polícia está estudando as gravações da segurança.

    Em nota, a universidade condenou o ocorrido. "A Universidade Nacional Autônoma do México condena energicamente os fatos violentos ocorridos dentro de suas instalações e rechaça a presença de pessoas alheias à instituição, que nada tem em relação com o trabalho acadêmico, cultural e esportivo que se desenvolvem cotidianamente no campus".

    Apesar de não acontecerem com frequência, não é a primeira vez que um caso de violência é registrado na Universidade. Em janeiro, estudantes da faculdade de engenharia foram às redes sociais e denunciaram tiroteios nas proximidades do local. Já em maio do ano passado, o corpo da jovem Lesvy Benín, de 22 anos, foi encontrado no mesmo local. Ela foi enforcada com um cabo de telefone público. Mais tarde seu noivo foi acusado pelo crime.

    Tags:
    tiroteio, Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), México
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik