16:14 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Algumas fotos do Facebook e Instagram ligadas aos alegados esforços da Rússia de intervir nas eleições norte-americanas

    Será que Rússia pretende intervir em outras eleições nos EUA?

    © AP Photo/ Jon Elswick
    Américas
    URL curta
    424

    Apesar do fato da investigação em curso dos EUA sobre a interferência da Rússia nas eleições presidenciais de 2016 ter fracassado em produzir quaisquer resultados frutíferos, o diretor da CIA diz agora que Moscou continuará tentando influenciar as eleições norte-americanas.

    Mike Pompeo, diretor da Agência Central de Inteligência, declarou que não houve uma "redução significativa" na atividade russa nos EUA, e que Moscou pode agora tentar interferir nas próximas eleições intermediárias do Congresso em novembro.

    "Tenho muitas expectativas de que eles [russos] vão continuar tentando e fazendo isso, mas estou seguro de que a América será capaz de ter eleições livres e justas". Segundo disse à agência BBC, o impacto nas eleições norte-americanas por parte da Rússia não será grande.

    O chefe da CIA também afirmou que a Rússia é mais adversária do que aliada, apesar da cooperação em curso entre Moscou e Washington na luta antiterrorista.

    Em janeiro, Pompeo fez uma declaração parecida expressando suas preocupações com a existência de "muitos adversários que querem minar a democracia do Ocidente" e insistiu que a Rússia tenha interferido nas eleições norte-americanas durante décadas.

    Em 2017, o Congresso dos EUA lançou quatro investigações independentes sobre uma alegada interferência da Rússia nas eleições americanas. Moscou repetidamente tem refutado as acusações, enquanto o presidente Donald Trump descreveu a investigação como "a maior caça às bruxas" na história norte-americana.

    Mais:

    Trump diz 'estar esperando' para depor em inquérito sobre interferência russa nas eleições
    Diretor da CIA não viu provas da 'interferência russa' nas eleições norte-americanas
    Ex-agente da CIA explica como intervenção do FBI nas eleições de 2016 passou despercebida
    Tags:
    investigação, eleições, interferência, CIA, Mike Pompeo, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik