03:10 28 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    030
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira (24) que está esperando para depor, sob juramento, para o conselheiro especial Robert Mueller - responsável pela investigação da suposta interferência russa nas eleições dos EUA.

    "Eu estou esperando por isso, na verdade", disse o presidente. Indagado se acreditava que teria um tratamento justo, disse: "Nós vamos descobrir isso".

    Perguntado sobre um possível depoimento no passado, Trump havia dado respostas evasivas. Hoje, ele sugeriu que poderá falar com Mueller nas próximas semanas. 

    Moscou negou repetidamente que tenha interferido no pleito estadunidense. 

    Até o momento, Mueller ofereceu denúncias contra quatro pessoas envolvidas ou relacionadas com a campanha presidencial de Trump. 

    O ex-gerente da campanha do mandatário republicano, Paul Manafort, e seu vice, Rick Gates, foram indiciados em outubro por acusações não relacionadas à campanha. O ex-conselheiro de segurança nacional da Casa Branca Michael Flynn foi acusado por Mueller de falso testemunho. Já o ex-assessor de política da campanha de Trump, George Papadopoulos, também foi acusado de fornecer declarações falsas ao FBI sobre suas interações com estrangeiros.

    Mais:

    Turquia desmente conteúdo do diálogo entre Trump e Erdogan divulgado pela Casa Branca
    Congressistas descobrem 'sociedade secreta' do FBI contra Trump
    Protesto contra Trump fecha embaixada dos EUA no Haiti
    Israel pede que Europa trabalhe com Trump para reformar acordo nuclear iraniano
    Paz possível? Trump vai revelar plano de paz para o Oriente Médio em até 3 meses, diz OLP
    Tags:
    Estados Unidos, Donald Trump, Robert Mueller
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar