12:09 23 Maio 2018
Ouvir Rádio
    O presidente dos EUA Donald Trump

    Trump não tem autoridade para manter exército na Síria após derrota do Daesh, diz senador

    © AP Photo / Andrew Harnik
    Américas
    URL curta
    281

    O presidente dos EUA, Donald Trump, não tem autoridade para manter forças militares na Síria após o Daesh ter sido derrotado. É o que afirmou nesta quinta-feira (18) o membro do Comitê de Relações Exteriores do Senado norte-americano, Ben Cardin.

    A declaração do senador teria sido uma resposta a um discurso do secretário de estado, Rex Tillerson, sobre o assunto.

    "O governo Trump não tem autoridade para manter forças militares dos EUA na Síria após a derrota do Daesh", disse o senador democrata Ben Cardin.

    "O Estado e os departamentos de defesa devem consultar imediatamente os membros do Comitê de Relações Exteriores do Senado, que mantêm a jurisdição sobre o uso da força militar".

    Cardin disse que está desapontado por Tillerson anunciar uma mudança significativa na política dos EUA na Síria durante um discurso sem antes consultar o Congresso.

    Na quarta-feira (17), Tillerson discursou na Hoover Institution, na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. Durante sua fala, o secretário defendeu a permanência do exército norte-americano na Síria, com uma possível saída condicionada pela saída de Bashar Assad do poder.

    "O discurso do secretário Tillerson na Hoover Institution continua a abordagem irresponsável e imprudente desta administração ao uso da força militar", acrescentou Cardin.

    Cardin disse que manter as forças dos EUA na Síria depois que o Daesh foi derrotado não foi mencionado na semana passada, durante uma audiência do Comitê de Relações Exteriores do Senado sobre a política da Síria com o secretário de estado adjunto, David Satterfield.

    Mais:

    Síria: nossa defesa antiaérea está pronta para destruir aviação turca caso ela ataque
    Turquia: 'exército terrorista' formado na fronteira com Síria prejudicará relações com EUA
    EUA prometem respeito aos interesses da Turquia na Síria
    Pentágono reportou intensos combates com Daesh no vale do Eufrates, na Síria
    Tags:
    Daesh, Síria, Daesh, Universidade de Stanford, Rex Tillerson, Donald Trump, Ben Cardin, Síria, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik