15:22 11 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    615
    Nos siga no

    A credencial de imprensa da rede de TV russa RT foi cassada nesta quarta-feira, após o movimento do Departamento de Justiça em exigir que o registro do canal como agente estrangeiro.

    "O Comitê Executivo das Galerias de Correspondentes de Rádio e Televisão do Congresso" exerceu sua autoridade, conforme concedido pelo governo da Câmara e do Senado, para retirar as credenciais de notícias da rede RT por unanimidade em 21 de novembro", informou o escritório do governo através de carta ao escritório de produção da RT.

    A mudança foi "tomada em resposta ao registro da empresa operacional da RT Network, T & R Productions, LLC como agente estrangeiro", escreveu Caplan. A carta dizia que as regras da galeria de imprensa não permitem que funcionários empregados "por qualquer governo estrangeiro ou representante dele" recebam credenciais.

    A perda da credencial é efetiva e imediata, de acordo com o presidente Executivo das Galerias de Correspondentes de Rádio e Televisão do Congresso Craig Caplan. Os repórteres RT foram convidados a devolver suas credenciais ao Edifício do Senado de Dirksen.

    O Departamento de Justiça tinha prometido que o registro como agente estrangeiro não interferiria na missão da RT em reportar notícias. "A lei não restringe os operadores de registro, no entanto. Outros agentes dos Estados Unidos das entidades de mídia estrangeira estão atualmente registrados sob a Lei de Registro de Agentes Estrangeiros e continuam a operar livremente", disse o Departamento de Justiça no dia 13 de novembro.

    Ao fazê-lo, o Congresso efetivamente renunciou a uma promessa estabelecida pelo próprio Departamento de Justiça.

    O Departamento de Estado dos EUA fez eco dessas reivindicações. "Quando os Estados Unidos dizem a alguém para se registrar de acordo com um requerente de agente estrangeiro, isso não afeta capacidade de reportar notícias e informações. Nós apenas os registramos. Simples assim", disse o porta-voz da o Departamento de Estado, Heather Nauert, em outubro.

    Equivalência

    Durante o fim de semana, o presidente russo, Vladimir Putin, assinou uma regulamentação semelhante à Lei de Registro de Agentes Estrangeiros dos Estados Unidos de 1938.

    De acordo com o texto da nova lei, os meios de comunicação que recebem assistência financeira de Estados ou organizações estrangeiras podem ser reconhecidos como agentes estrangeiros e sofrer inspeções do Ministério da Justiça. Eles terão de publicar um aviso de que seus materiais são fornecidos por um agente estrangeiro, informar sobre suas atividades, enviar informações sobre a composição de sua gestão e fornecer relatórios de despesas.

    Tags:
    Lei de Registro de Agentes Estrangeiros (FARA), Ministério da Justiça da Rússia, Departamento de Justiça dos EUA, Comitê Executivo das Galerias de Correspondentes de Rádio e Televisão do Congresso dos EUA, RT Network, Heather Nauert, Vladimir Putin, Craig Caplan, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar