21:08 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Redatora-chefe do RT, Margarita Simonyan, durante a reunião sobre o bloqueio dos anúncios do RT e Sputnik

    Embaixada da Rússia alerta os EUA contra restrições individuais a jornalistas

    © Sputnik/ Yevgeny Biyatov
    Américas
    URL curta
    271

    A embaixada da Rússia advertiu na sexta-feira os Estados Unidos contra impor restrições individuais aos jornalistas russos que trabalham no país depois que vários meios de comunicação foram obrigados a se registrar como agentes estrangeiros.

    A embaixada da Rússia pediu o fim "da prática de limitar a liberdade de expressão da mídia russa".

    "Nós também advertimos contra a imposição de restrições individuais aos nossos jornalistas nos EUA", diz o documento.

    A embaixada condenou a pressão dos EUA para registrar uma empresa parceira da rádio russa Sputnik na base de dados de agentes estrangeiros. Para a diplomacia russa, trata-se de outro ataque à mídia no país.

    "Essas ações continuam a política de pressionar a mídia russa. Obviamente agora estão tentando intimidar as estruturas comerciais dos EUA trabalhando com nossos meios de comunicação", diz o documento.

    A parceira da Sputnik, Reston Translator, uma empresa da Virginia que retransmite programas de rádio, foi registrada quarta-feira sob a Lei de Registro de Agentes Estrangeiros (FARA), aprovada em 1938 para combater a propaganda nazista. O canal RT foi obrigado a fazer o mesmo na segunda-feira.

    A missão diplomática russa em Washington DC enfatizou que "qualquer escalada na luta no campo da informação é contra os interesses da cooperação russo-americana".

    "Nós procuramos ter um diálogo abrangente e mutuamente benéfico com os colegas dos EUA. Faremos todos os esforços para não deixar que aqueles que se opõem a uma distorção com os EUA prevalecem", prometeu a embaixada.

    A Câmara Baixa do Parlamento russo respondeu quarta-feira aprovando unanimemente um projeto de lei que poderia obrigar as agências de mídia financiadas pelo estrangeiro a se registrarem como agentes estrangeiros. Voice of America e Radio Free Europe / Radio Liberty, que são financiados pelo governo dos EUA, podem ser afetados pela decisão.

    Tags:
    Lei de Registro de Agentes Estrangeiros (FARA), Parlamento da Rússia, Voice of America, Reston Translator, Embaixada da Rússia nos EUA, Radio Free Europe/Radio Liberty (RFE/RL), RT, Sputnik, Washington, DC, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik