09:24 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

    Lapso intrigante: Pentágono retweeta por acaso apelo à renúncia de Trump

    © REUTERS / Joshua Roberts
    Américas
    URL curta
    0 0 0

    Na quinta-feira (16), o Departamento de Defesa dos Estados Unidos retweetou na sua página um apelo à renúncia do presidente estadunidense Donald Trump, afirmando depois que o fez por acaso.

    A conta oficial do Pentágono retweetou a postagem do usuário @proudresister que pediu a renúncia do presidente Trump, assim como o senador Al Franken e o candidato ao senado Roy Moore, acusados de assédio sexual. Algumas mulheres fizeram acusações semelhantes em relação a Donald Trump durante sua campanha eleitoral.

    "A decisão é simples. Donald Trump: demita-se da presidência. […] GOP [Partido republicano]: pare de tratar abusos sexuais como assuntos do partido. É um crime, assim como sua hipocrisia", diz-se na postagem retweetada pelo Pentágono, cujo Twitter tem 5,3 milhões de seguidores.

    A postagem foi deletada em seguida. O porta-voz do Pentágono, Dana White, comentou que foi um erro casual, sublinhando que o Pentágono não aprovaria o conteúdo retweetado.

    Mais:

    Pentágono admite: EUA estão perdendo a supremacia militar
    Pentágono revela as condições para negociar com a Coreia do Norte
    Tags:
    demissão, apelo, erro humano, Twitter, Pentágono, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar