18:24 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump

    Rapper dos EUA 'manda Trump para o necrotério' em novo disco (FOTO, VÍDEO)

    © REUTERS / Joshua Roberts
    Américas
    URL curta
    431

    Nunca avesso a uma polêmica, o rapper norte-americano Snoop Dogg voltou a provocar polêmica ao direcionar as suas críticas contra o presidente do país, Donald Trump, que desta vez foi “mandado para o necrotério” no novo trabalho do artista.

    O rapper batizou o seu novo trabalho como 'Make America Crip Again' ('Faça a América Deficiente Outra Vez', em tradução livre), uma referência ao slogan da campanha de Trump: 'Make America Great Again' ('Faça a América Ótima Outra Vez', em tradução livre).

    Capa do mais recente trabalho do rapper Snoop Dogg provoca o presidente dos EUA, Donald Trump
    © Foto : Reprodução / Instagram
    Capa do mais recente trabalho do rapper Snoop Dogg provoca o presidente dos EUA, Donald Trump

    O termo 'crip' também pode ser interpretado de outra forma ('Faça a América dos Gângsters Outra Vez'), já que costuma se referir a membros de gangue, fundada em Los Angeles em 1971, e cujo nome original era 'crib' ('berço'), dada a juventude dos seus membros. 

    Na capa do trabalho, o cantor escolheu a imagem de um cadáver que faz referência a Trump. Em 1991, outro rapper (Ice Cube) também usou um corpo na capa do seu trabalho – ao invés de Trump, o morto era o Tio Sam.

    Essa não é a primeira polêmica entre Snoop Dog e o presidente dos EUA. Em março, o rapper lançou um videoclipe no qual atirava na cabeça de Trump, o que gerou muita polêmica e críticas.

    Mais:

    Trump exige pena de morte para o autor do ataque terrorista em Nova York
    Donald Trump Jr. explica como ensina 'socialismo' para sua filha
    Coreia do Norte 'revela ao mundo' a 'verdadeira natureza' de Donald Trump
    Tags:
    política, cadáver, protesto, Hip Hop, rap, música, Ice Cube, Snoop Dogg, Donald Trump, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik