23:02 16 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento de míssil balístico Minuteman III

    Relatório: arsenal nuclear dos EUA vai custar US$ 1,2 trilhão nos próximos 30 anos

    © AP Photo / Foto de arquivo, Força Aérea dos EUA
    Américas
    URL curta
    742
    Nos siga no

    Um relatório independente produzido pelo Escritório de Orçamento do Congresso dos Estados Unidos apontou que o arsenal nuclear estadunidense custará US$ 1,2 trilhões pelos próximos 30 anos, um montante não investido nas últimas três décadas.

    "Se esses planos se concretizassem, seria o maior incremento nuclear desde a administração [de Ronald] Reagan", disse Stephen Schwartz, um analista nuclear independente, ao jornal britânico The Guardian.

    O documento aponta ainda que os custos subirão consideravelmente entre as décadas de 2020 e 2030, e que esse aumento será praticamente impossível de ser financiado sem que cortes no orçamento do Departamento de Defesa sejam realizados.

    Se o programa de modernização estabelecido durante a administração do ex-presidente Barack Obama for tomado como referência, o aumento seria de 25%, o que significa um total de US$ 400 bilhões, de acordo com o Escritório de Orçamento do Congresso dos Estados Unidos.

    O Departamento de Defesa estadunidense está considerando o desenvolvimento de ogivas nucleares de baixa potência, o que coincide com as repetidas promessas do atual presidente do país, Donald Trump, para aumentar o arsenal nuclear norte-americano.

    "Prosseguir a modernização nuclear seria um desafio no ambiente de hoje", detalhou o relatório, acrescentando que competiria com as ambições militares para a modernização da Marinha e da Força Aérea.

    Mais:

    Trump mente? Guerra nuclear com a Coreia do Norte é improvável, diz ex-diretor da CIA
    Ex-negociador nuclear dos EUA revela quando Coreia do Norte negociará com Trump
    Moscou lamenta a decisão de Trump de não certificar acordo nuclear com o Irã
    Eleição de Trump dá 'destaque' ao risco nuclear, dizem vencedores do Nobel da Paz
    Tags:
    armamentos pesados, guerra nuclear, programa nuclear, arsenal nuclear, minuteman III, Departamento de Defesa dos EUA, Pentágono, Ronald Reagan, Barack Obama, Donald Trump, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar