14:40 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Espião trabalhando

    Mídia: Rússia não precisa de espiões para ter acesso às tecnologias militares dos EUA

    © Fotolia / Serkat Photography
    Américas
    URL curta
    556
    Nos siga no

    Moscou pode roubar segredos dos EUA não só com a ajuda de agentes secretos, mas também com a de homens de negócios norte-americanos, informa o The Daily Beast.

    De acordo com o publicado, isso foi comprovado após o último processo judicial contra os funcionários da empresa norte-americana Arc Electronics, que foram declarados como culpados de entregar "as tecnologias secretas" para as unidades militares russas. 

    "A Rússia não só utiliza espiões para roubar os segredos. De vez em quando este trabalho sujo é feito por simples homens de negócios norte-americanos", escreve o The Daily Beast.  

    O Tribunal Federal do Brooklyn sentenciou duas meninas acusadas de ter ajudado seu chefe Aleksandr Fishenko, que "contrabandeia" o equipamento estratégico para a Rússia. 

    Fishenko proprietário da empresa Arc Electronics que produzia semáforos, mas de fato, de acordo com a edição "exportava produção de alta tecnologia" para o exército e os serviços especiais russos.

    Além disso, de acordo com a publicação, os funcionários de Fishenko compraram microchips de empresas norte-americanas, utilizados na criação de sistemas de radar e de vigilância. De acordo com a edição, a Rússia recebeu as tecnologias no valor de 50 milhões de dólares durante 10 anos. 

    Entretanto a edição reconhece que os EUA também têm uma "experiência grande em roubar os segredos tecnológicos". Assim o engenheiro Adolf Tolkachev, antes de sua prisão, entregou a informação sobre as novidades técnicas para a CIA.

    O Tribunal Federal sentenciou Fishenko a dez anos de prisão enquanto as mulheres receberam liberdade condicional. 

    Mais:

    Tecnologias do futuro: EUA se assustam com robôs militares russos
    Ucrânia tenciona regressar ao mercado de tecnologias de mísseis
    Tags:
    espiões russos, acusações, defesa, tecnologia militar, roubo, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar