06:10 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Polícia dos EUA. (Arquivo)

    EUA: ameaça de tiroteio em massa fecha escolas em Charlottesville

    © AP Photo/ Lynne Sladky
    Américas
    URL curta
    133

    O Departamento de Polícia de Charlottesville, no Estado americano da Virginia, informou nesta quarta-feira que todas as escolas públicas da cidade foram fechadas por medidas de segurança.

    Segundo uma notificação enviada pelo FBI aos funcionários da cidade, houve uma ameaça publicada em um recurso de mídia social. A postagem fazia referência ao mortal tiroteio em massa de Las Vegas.

    "As escolas da cidade de Charlottesville estão atualmente em um bloqueio modificado", diz o comunicado divulgado à imprensa.

    A mensagem exposta em uma mídia social fazia referência ao massacre ocorrido recentemente em Las Vegas, no Estado americano de Nevada, que resultou na morte de 59 pessoas e feriu centenas, no que foi o pior ataque do gênero na história do país.

    A mesma postagem observou que as escolas de Charlottesville seriam o próximo alvo de um ataque como o visto em Las Vegas, de acordo com o comunicado.

    A cidade no Estado americano da Virginia foi notícia em agosto, quando um grupo de supremacistas brancos realizou uma marcha com menções aos Confederados (grupo da Guerra Civil americana que não aceitava o fim da escravidão), ao nazismo e à organização racista Ku Klux Klan.

    O que se seguiu foram protestos contrários à marcha, e episódios de violência foram registrados ao longo de três dias.

    Mais:

    Atirador de Las Vegas poderia ter atacado público do Lollapalooza, diz mídia dos EUA
    Ativistas marcham de Charlottesville a Washington em protesto contra o racismo
    Maioria dos americanos reprova a reação de Trump aos acontecimentos em Charlottesville
    Tags:
    violência, segurança, terrorismo, ameaça terrorista, ataque, massacre, tiroteio, FBI, Virginia, Charlottesville, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik