14:06 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    721
    Nos siga no

    O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, abandonou neste domingo (8) uma partida da liga de futebol americano NFL após alguns jogares ficarem de joelhos como forma de protesto durante a execução do hino nacional.

    A decisão de não se levantar para o hino nacional estadunidense começou em 2016 com o jogador Colin Kaepernick, que afirmou tomar essa posição como maneira de protestar contra a injustiça racial. 

    O protesto, entretanto, cresceu após o presidente Donald Trump afirmar que os jogadores que não ficassem de pé durante o hino deveriam ser demitidos da liga.

    Não foi diferente neste domingo, quando parte dos jogadores do San Francisco 49ers, que jogaram contra os Indianapolis Colts, permaneceram ajoelhados. Pouco tempo depois, o vice-presidente abandonou o estádio.

    "Eu deixei o jogo de hoje dos Colts porque o presidente dos Estados Unidos e eu não vamos dignificar qualquer evento que desrespeite nossos soldados, nossa bandeira ou nosso hino nacional", escreveu Pence no Twitter logo após o pontapé inicial da partida.

    Após Pence deixar o estádio, Trump também foi ao Twitter e disse que pediu ao vice-presidente para deixar a partida caso os jogadores ficassem de joelhos durante o hino.

    O jogador Eric Reid, do San Francisco 49ers, classificou a ação de Pence como um "golpe de relações públicas".

    Mais:

    Vencedora do prêmio Nobel da Paz chama Trump de 'idiota'
    Trump 'bate boca' com senador no Twitter e ouve o que não quer
    Presidente da Venezuela agradece Trump por torná-lo 'famoso'
    Gregos preferem Putin a Merkel e Trump
    Trump acusa Irã de financiamento da Coreia do Norte
    Trump diz querer buscar acordo antes de transferir embaixada dos EUA em Israel
    Tags:
    NFL, Donald Trump, Mike Pence, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar