22:47 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Militar americano fecha um bunker contaminado de radiação em Fort Bliss no Texas (arquivo)

    Cientista é exposto a radiação em laboratório do governo dos EUA

    © AP Photo / Juan Carlos Llorca
    Américas
    URL curta
    232

    Uma equipe de inspetores da Comissão de Regulação Nuclear (NRC) dos EUA iniciou hoje uma investigação sobre a possível contaminação de um funcionário do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologias por substâncias radioativas.

    O incidente em questão teria ocorrido em agosto, em um laboratório de Gaithersburg, estado de Maryland, após a quebra de um recipiente de vidro no qual a substância, não revelada, estava guardada. 

    Testes iniciais realizados com o cientista indicaram que ele teria sido exposto a uma quantidade de radiação muito acima dos limites aceitáveis. No entanto, de acordo com as autoridades norte-americanas, citadas pela Associated Press, novos exames deverão ser realizados para determinar os níveis atuais. A expectativa é a de que os resultados finais sejam divulgados em 45 dias.

    A NRC informou que está estudando os detalhes do que pode ter provocado o incidente para que as devidas medidas corretivas sejam adotadas.

    Mais:

    Dispositivos russos combatem radiação no Japão
    Alerta químico: Ucrânia pede análise da OSCE sobre níveis de radiação em Donetsk
    Radiação de Fukushima atinge costa canadense
    Tags:
    radiação, NRC, AP, Associated Press, EUA, Maryland, Gaithersburg
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik