10:51 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Rex Tillerson em junho de 2017

    Rússia e China precisam tomar 'ação direta' contra Coreia do Norte, diz Tillerson

    © REUTERS / Aaron P. Bernstein
    Américas
    URL curta
    Lançamento de míssil de Pyongyang (18)
    4177
    Nos siga no

    O secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, afirmou nesta quinta-feira (14) que China e Rússia devem aumentar a pressão contra a Coreia do Norte.

    O pronunciamento ocorre horas após Pyongyang disparar um míssil balístico que sobrevoou o Japão e caiu no Oceano Pacífico.

    "China e Rússia precisam indicar sua intolerância com esses lançamentos de mísseis imprudentes e tomar suas próprias ações diretas", disse Tillerson. 

    O Secretário de Estado também disse que "essas continuadas provocações apenas aumentam a isolação econômica e diplomática" do país de Kim Jong-un.

    O Pentágono confirmou o lançamento de um míssil norte-coreano e classificou o projétil como de médio alcance. O Conselho de Segurança da Nações Unidas (ONU) confirmou uma reunião para sexta-feira para discutir o assunto.

    Tema:
    Lançamento de míssil de Pyongyang (18)

    Mais:

    Seul testa seu próprio míssil após lançamento da Coreia do Norte
    Coreia do Norte lança um míssil não identificado em direção ao Japão
    O que Coreia do Norte e EUA discutiram em 'reunião secreta' na Suíça?
    Coreia do Norte ameaça 'afundar' Japão e reduzir EUA a 'cinzas e trevas'
    Coreia do Norte pode estar planejando ataques com base em imagens do Google Earth
    Tags:
    Departamento de Estado dos EUA, Rex Tillerson
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar