17:04 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Maioria unânime do Parlamento conduziu Lucía Topolansky para a vice-presidência do Uruguai

    Mulher de Mujica assume a vice-presidência do Uruguai

    © REUTERS/ Andres Stapff
    Américas
    URL curta
    0 28431

    Senadora do Movimento de Participação Popular (MPP) e mulher do ex-presidente José ‘Pepe’ Mujica, Lucía Topolansky assumiu nesta quarta-feira a vice-presidência do Uruguai, após o Parlamento votar a seu favor, informou o jornal El Observador.

    É a primeira vez que uma mulher ocupa tal posto de destaque na política uruguaia.

    Ela assume um cargo que estava vago desde a renúncia de Raúl Sendic, que pertence à mesma coalizão política e que renunciou na semana passada. Ele usou um cartão de crédito corporativo para realizar compras pessoais.

    Segundo a Constituição uruguaia, o vice-presidente do país precisa ser o senador com mais votos nas últimas eleições em caso de vacância do posto. Tal pessoa, pela regra, seria o próprio Mujica, mas por ter sido presidente no passado, ele não poderia também substituir o atual mandatário, Tabaré Vázquez, de acordo com o jornal Página 12.

    O MPP de Lucía Topolansky integra a coalizão da base Frente Ampla, e conta com integrantes do grupo guerrilheiro uruguaio Movimento de Liberação Nacional-Tupamaros (MLN-T) durante os anos 1960 e 1970, de acordo com informações da TeleSUR.

    Mais:

    Apesar dos juízes e da imprensa, a luta continua, diz Mujica a Lula
    José Mujica: ordem mundial 'pode se quebrar em pedaços'
    José Mujica, estrela de rock no mundo político
    Mujica à Sputnik: política da Europa com a Rússia é pouco inteligente
    Tags:
    política, Movimento de Liberação Nacional-Tupamaros (MLN-T), Frente Ampla, Tabaré Vázquez, Raúl Sendic, Lucía Topolansky, José Mujica, Montevidéu, Uruguai
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik