08:57 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Casa destruída pelo terremoto em Juchitan, México.

    México registra ao menos 60 mortos após ser atingido por terremoto de grandes proporções

    © REUTERS / Edgard Garrido
    Américas
    URL curta
    610
    Nos siga no

    Ao menos 60 pessoas morreram após o México ser atingido por um dos terremotos mais fortes de sua história. Os Estados de Oaxaca, Tabasco e Chiapas foram os mais afetados pelo tremor na madrugada desta sexta-feira, no horário de Brasília (8).

    Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS na sigla em inglês), o terremoto foi de magnitude 8,1 e o epicentro ocorreu a 165 quilômetros ao oeste de Tapachula, em uma profundidade de 69,7 quilômetros.

    A cidade mais afetada foi Juchitán, onde 17 vítimas fatais foram contabilizadas. Imagens áreas mostram que quase metade das estruturas colapsaram e foram transformadas em pilhas de escombro, segundo a agência Associated Press. 

    "Foi muito espantoso, os que puderam sairam de suas casas, enquantos outros ficaram sem luz, não podiam abrir as portas, ficaram presos, as cercas caídas, as casas, alguns cabos elétricos", diz Iris Morales, moradora de Juchitán ouvida pela Associated Press.

    Ela acrescentou que a energia elétrica voltou a funcionar, mas não há água ou internet.

    Cerca de 1,8 milhão de pessoas foram afetadas pela queda de energia elétrica e ao menos escolas 11 estados cancelaram as aulas para verificar possíveis danos na estrutura de seus prédios.

    Mais:

    México expulsa embaixador da Coreia do Norte
    México lamenta decisão dos EUA de encerrar programa de proteção a crianças indocumentadas
    Procurador-geral do México registra Ferrari em endereço de fachada para driblar impostos
    Primeiros colonos da América? Esqueleto de 13.000 anos é encontrado no México
    EUA concede contratos para empresas criarem protótipo do muro da fronteira com México
    Por que México se manifesta contra saída dos EUA da NAFTA?
    Venezuela acusa Colômbia e México de conspirar com CIA contra Maduro
    Tags:
    México
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar