04:45 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Freira em parque de Bogotá, Colômbia, que receberá missa de Francisco

    Como o Papa Francisco pode ajudar no processo de paz com a guerrilha colombiana?

    © Foto / REUTERS/Nacho Doce
    Américas
    URL curta
    0 0 0
    Nos siga no

    O Papa Francisco pode ser uma figura chave no diálogo de paz com o Exército de Libertação Nacional (ELN) na Colômbia devido à proximidade do grupo guerrilheiro com a teologia da libertação. A avaliação é de Carlos José Herrera, assessor do Alto Comissariado para a Paz - organização que faz parte das negociações de paz.

    Herrera falou à Sputnik e ressaltou que alguns dos fundadores do ELN, como Camilo Torres Restrepo e Manuel Pérez Martínez, são, também, pioneiros da teologia da libertação — corrente do cristianismo com enfoque no combate à desigualdade.

    O assessor do Alto Comissariado para a Paz está participando das negociações com o ELN em Quito, no Equador, e destacou que o processo será trabalhoso, ainda que um cessar-fogo tenha sido costurado.

    "A marcha dos diálogos vai ser lenta e um pouco tortuosa. Não há quase nenhuma confiança nos dois lados, não só por causa dos 53 anos de guerra entre o Estado e o ELN, mas também porque não houve uma aproximação que mostrasse que os diálogos poderiam ser definitivos", disse Herrera.

    Após décadas de conflito, a Colômbia está assistindo aos últimos passos da transformação das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) em um partido político após um acordo de paz com o Governo. Agora que as FARC abandonaram as armas, o presidente Juan Manuel Santos voltou suas atenções ao ELN.

    Com 45,3 milhões de pessoas batizadas, em uma população de quase 49 milhões, a Colômbia é o sétimo país com mais católicos em todo o mundo. O sumo pontífice chegou na Colômbia na quarta-feira (6) e ficará no país até o dia 10.

    Mais:

    Trump pede que Santos combata tráfico de drogas na Colômbia
    Colômbia rechaça decisão da Venezuela de remover canais colombianos
    Ex-procuradora-geral da Venezuela deixa a Colômbia com destino ao Brasil
    Ataque a equipe da ONU na Colômbia deixa ferido
    Tags:
    FARC, ELN, Juan Manuel Santos, Papa Francisco
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar