22:28 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    306
    Nos siga no

    Kim Kardashian, que em setembro do ano passado hesitou em apoiar candidatos republicanos ou democratas à presidência, anunciou hoje que até a sua filha faria melhor do que Donald Trump.

    A estrela da televisão norte-americana Kim Kardashian disse, em entrevista ao jornal árabe Harpers Bazaar Arabia que, se a sua filha de 4 anos dirigisse o país, faria isso melhor do que o presidente atual. 

    "Qualquer pessoa pode governar os EUA melhor. Até a minha filha faria melhor", declarou ela. 

    Ela acrescentou que os norte-americanos fizeram muitos esforços para chegar onde estão e para ter as coisas de que hoje se podem orgulhar. Por isso, "regredir é a coisa mais decepcionante".

    "Cada dia você acha difícil acreditar no que está acontecendo e no dia seguinte há coisas ainda mais graves e trágicas", precisou a estrela de televisão. 

    Vale a pena lembrar que, em setembro do ano passado, notícias sobre Kim Kardashian não saber quem iria apoiar nas eleições surpreenderam a mídia.  

    A estrela de televisão falou posteriormente que foram as discussões com o seu antigo sogro, a transgênero Caitlyn Jenner, que a tornaram indecisa.

    Após a sensação causada pela imprensa, ela se justificou e finalmente confirmou seu apoio à democrata Hillary Clinton.

    Mais:

    Especialistas comentam opinião dos brasileiros sobre Donald Trump
    Será que é possível impeachment de Donald Trump?
    Tags:
    mandato, opinião, presidente, avaliação, política, mídia, Kim Kardashian, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar