07:11 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Empresário George Soros em 2010

    Em petição, 67 mil pedem a Casa Branca que George Soros seja considerado terrorista

    © AP Photo / Kin Cheung
    Américas
    URL curta
    13243

    Uma petição no site da Casa Branca que pede que o bilionário George Soros seja considera um terrorista por atos de "sedição" já foi assinada por mais de 67 mil pessoas.

    "O DOJ [Departamento de Justiça, na sigla em inglês] deve declarar imediatamente George Soros e todas as suas organizações e membros de sua equipe terroristas domésticos e todos os seus bens pessoais e de suas organizações devem ser apreendidos", diz o texto.

    A petição foi criada em 20 de agosto e acusa Soros de "desestabilizar" e "cometer atos de sedição contra os Estados Unidos e seus cidadãos" com a criação de "organizações discretas" para o fim do "governo constitucional".

    Até o momento, a iniciativa tem 68.950 assinaturas. Caso o número de assinaturas chegue a 100 mil até 19 de setembro, a Casa Branca irá fornecer uma resposta à demanda dentro de 60 dias.

    Soros, dono de uma fortuna estimada de US$ 25,2 bilhões, coordena uma rede de ONGs que afirma estar presente em mais de 100 países.

    Mais:

    Fundação de George Soros: especulações de grande envergadura e venda de drogas
    Ligações Perigosas: genro de Trump é parceiro de negócios de Soros
    Premiê húngaro nega intenção de fechar universidade financiada por George Soros
    Senado dos EUA exige investigação das atividades políticas de Soros e de Obama no exterior
    Já basta! Governos europeus se manifestam cada vez mais contra Soros
    Tags:
    Open Society Foundation, Casa Branca, George Soros
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar