06:21 19 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Monumento de Lenin em Seattle

    Prefeito de Seattle se manifesta a favor da demolição de monumento de Lenin

    © AP Photo / Robert Sorbo
    Américas
    URL curta
    15118

    O prefeito de cidade norte-americana de Seattle, Ed Murray, propôs remover da cidade a estátua de Vladimir Lenin e o monumento aos soldados da Confederação.

    Supremacistas brancos carregam tochas durante marcha neonazista na Virgínia, nos Estados Unidos
    © REUTERS / Alejandro Alvarez/News2Share
    O prefeito fez uma declaração sobre os "símbolos de ódio, racismo e violência", e se manifestou a favor da demolição dos monumentos.

    "Nunca devemos esquecer a nossa história, não devemos fazer ídolos das pessoas que cometeram atrocidades e tentaram nos dividir com base no que somos e de onde somos", lê-se no comunicado.

    O escritório do prefeito informou a Sputnik que ambos os monumentos se encontram em terrenos privados. Deste modo, a afirmação do prefeito é a sua opinião pessoal sobre a questão e não a decisão final.

    O cemitério de Lake View é um cemitério privado e o monumento a Lenin pertence à família de Luiz Carpenter, que o comprou às autoridades da cidade eslovaca de Poprad. O monumento de cinco metros, que pesa mais de sete toneladas, fica em Seattle há mais de 20 anos. Segundo o portal turístico Fremont, o monumento está à venda.

    Na quarta-feira (17) o autor do livro "Cidadãos a Favor de Trump", Jack Posobiec, publicou na sua conta no Twitter um vídeo no qual os apoiantes do presidente Trump, muitos de bonés com a inscrição "Torne a América Grande Novamente", se manifestaram com cartazes perto do monumento de Lenin, exigindo a sua demolição.

    A campanha de remoção de monumentos aos soldados da Confederação, que lutaram a favor da escravidão na Guerra Civil Americana, recomeçou após o grande confronto de sábado passado entre neonazistas da chamada direita alternativa e ativistas antifascistas em Charlottesville.

    Mais:

    Lula manda recado para 'seu Trump'
    Trump queria ser o 'melhor amigo' de Putin. Por que não deu certo?
    Trump pede que China seja investigada por roubo de propriedade intelectual
    Tags:
    demolição, monumento, confrontos, Guerra Civil Americana, Vladimir Lenin, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar