12:25 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Foto da superfície lunar feita pelo aparelho soviético Luna-9

    NASA vai explorar a origem das misteriosas 'tatuagens' lunares (FOTOS)

    © Sputnik / RIA Novosti
    Américas
    URL curta
    414
    Nos siga no

    A agência espacial dos Estados Unidos (NASA, na sigla em inglês) planeja lançar, pela primeira vez, dois pequenos satélites CubeSats para estudar redemoinhos lunares que lembram “tatuagens” na superfície da Lua.

    De acordo com a agência, a missão promete investigar padrões de luz e obscuridade de tais “tatuagens”, identificadas em mais de 100 pontos da superfície lunar.

    Uma vez que alcancem a órbita lunar, os satélites CubeSats serão colocados com um cabo de 180 quilômetros ao longo de uma linha perpendicular à superfície da Lua. O satélite menor será apenas 9,5 quilômetros da superfície lunar. Os cientistas sugerem que este arranjo dos satélites irá explorar a superfície de perto por um período prolongado.

    Há várias teorias sobre a formação dos redemoinhos lunares. Graças a observações anteriores, cientistas descobriram que esses padrões estão em áreas da crosta lunar onde os fragmentos antigos são incorporados ao campo magnético. Os especialistas sugerem que o campo magnético poderia servir como um “escudo” contra o vento solar.

    A nova missão da NASA poderia confirmar os pressupostos dos cientistas ou provocar uma “mudança de paradigma”, afirmou Michael Collier, pesquisador da NASA.

    Mais:

    Rumo ao desconhecido: nave espacial da NASA parte para misteriosa 'terceira zona'
    NASA capta novas imagens das nuvens de Marte em detalhes (FOTO)
    Cientistas do Brasil integram projeto inovador da NASA (VÍDEO)
    Tags:
    tecnologia, satélite, cubesats, redemoinhos, NASA, Michael Collier, Lua, Espaço, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar