02:52 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    290
    Nos siga no

    Lâmpadas LED produzidas pela empresa russa Incotex Electronic Group foram instaladas em Lanús, na província de Buenos Aires, Argentina, e em Montevidéu, Uruguai, no marco de um projeto-piloto.

    O aparecimento de lâmpadas LED de origem russa nas ruas latino-americanas é novidade, pois esse mercado é tradicionalmente dominado por empresas norte-americanas.

    A Incotex Electronic Group, cujo representante exclusivo na região é a empresa Avangard Energy da Argentina, vai participar de uma série de licitações e de projeto-piloto para instalar nas cidades latino-americanas sistemas de iluminação e de telegestão, substituindo lâmpadas tradicionais para economizar energia elétrica.

    Na semana passada, em Moscou se reuniram o diretor da Incotex Electronic Group, Yuri Sokolov, e o representante da empresa argentina Avangard Energy, Daniel Kaliszuk. O encontro fortaleceu a cooperação entre as empresas internacionais; as partes esperam interagir por muito tempo, bem como aumentar a área de instalação das lâmpadas no continente.

    "Para a Incotex Electronic Group é muito importante participar de um mercado novo e dinâmico, como é o da América Latina. Estamos muito entusiasmados de ver nossos produtos, que pela primeira vez iluminam ruas latino-americanas, e esperamos que isso seja o início de um trabalho produtivo", destacou à Sputnik Mundo o vice-presidente da empresa russa, Semyon Biryukin.

    A Incotex Elecronic Group também está participando da licitação para substituição das lâmpadas das ruas de Montevidéu, capital do Uruguai. "Os produtos da Incotex estão sendo instalados para realização de teste-piloto; planejamos estendê-lo para outros países como Bolívia, em breve", acrescentou o representante da empresa argentina Avangard Energy.

    A instalação das primeiras lâmpadas russas na Avenida Remedios de Escalada de San Martín, em Lanús, possui todo um simbolismo: essa área foi habitada por imigrantes russos no início do século XX, abrindo com chave de ouro o projeto-piloto.

    Para fortalecer o trabalho na Argentina e na região, a Incotex Electronic Group e a Avangard Energy participarão da exposição Biel Light + Building em Buenos Aires, entre 12 e 16 de setembro. Este evento reúne as empresas principais da indústria eletrônica e da iluminação e é organizado pela Câmara Argentina da Indústria para eletrônica, eletromecânica e iluminação — Cadieel, e pela empresa de Frankfurt — Indexport Messe.

    Economizar energia elétrica e contribuir para proteção climática do planeta são prioridades dos governos na região. A substituição das lâmpadas ajudará a aproximá-los do cumprimento das metas.

    Trata-se da instalação de novas lâmpadas de baixo custo que permitem economizar tanto energia, como gastos do orçamento governamental. Além disso, espera-se que esse projeto ajude a população de grandes cidades que enfrenta problemas econômicos e sociais.

    A presença da Incotex Electronic Group na América Latina é uma boa novidade tanto para governos como municípios que visam renovar seus sistemas de iluminação.

    Mais:

    Sputnik amplia sua rede de parceiros na América Latina
    O principal problema da América Latina 'é ingerência dos EUA'
    Saiba qual é o país mais militarizado da América Latina
    Brasil é o parceiro crucial da Rússia na América Latina, diz premiê russo
    Tags:
    ruas, luz, despesas, empresas estrangeiras, energia elétrica, clima, planeta, Montevidéu, Bolívia, Uruguai, América Latina, Moscou, Buenos Aires, Argentina, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar