17:45 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Trump na NBC

    Trump: 'Soluções militares prontas, se Coreia do Norte agir imprudentemente'

    © AP Photo/ Chris Pizzello
    Américas
    URL curta
    1014

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a ameaçar a Coreia do Norte nesta sexta-feira. Ele usou a sua página oficial no Twitter para alertar Pyongyang que o governo estadunidense está pronto para retaliar, caso o regime comunista aja “imprudentemente”.

    “Soluções militares estão agora totalmente prontas, garantidas e carregadas, se a Coreia do Norte agir imprudentemente”, escreveu Trump.

    O recado foi o terceiro em tom de ameaça apenas nesta semana da parte do presidente dos EUA contra a Coreia do Norte. A subida de tom se deu após um relatório apontar que os norte-coreanos já possuem capacidade de produzir ogivas miniaturizadas, o que significaria um risco a mais aos EUA.

    Além disso, Pyongyang abordou a possibilidade de agir “fisicamente” em resposta às mais recentes sanções impostas pelo Conselho de Segurança da ONU, no sábado passado.

    Por fim, o regime de Kim Jong-un promete lançar um ataque com quatro mísseis de alcance intermediário contra a ilha de Guam, no Oceano Pacífico, até o fim deste mês. O território é administrado pelos EUA, que lá possui várias bases militares.

    No início da semana, Trump já havia dito que lançaria mão de um ataque “com fogo e fúria como o mundo nunca viu antes”, caso Pyongyang não parasse com suas provocações e ameaças.

    Nesta quinta-feira, o presidente estadunidense voltou a alertar os norte-coreanos, dizendo que o país asiático “deve se organizar ou terá problemas”, em referência ao recado anterior que foi menosprezado por autoridades do regime comunista.

    Mais:

    Austrália apoiará EUA em caso de ataque da Coreia do Norte
    Pequim não permitirá que EUA derrubem regime atual da Coreia do Norte
    É mesmo provável que a Coreia do Norte lance mísseis contra Guam?
    Tags:
    testes balísticos, guerra nuclear, diplomacia, política, Pentágono, Casa Branca, Kim Jong-un, Donald Trump, Pyongyang, Guam, Península Coreana, Estados Unidos, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik